03/04/2018

Inscrição para o First Friday do Cemafauna Caatinga, até dia 5

 

Seguem até o dia 05 de abril, próxima quinta-feira, as inscrições para a 3ª sessão do projeto científico-cultural 'First Friday', realizado pelo Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga), situado no Campus de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), zona rural de Petrolina-PE.

O evento acontecerá às 16h no dia 06 de abril, no auditório do Museu de Fauna da Caatinga. O tema proposto é “As aves como bioindicadoras da qualidade ambiental dos Ecossistemas Aquáticos” a ser ministrado pela professora Flávia Martins, professora adjunta da Universidade de Pernambuco Campus Petrolina (UPE), vice-coordenadora do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, coordenadora do Laboratório de Ecologia e Geologia e professora colaboradora do Programa de Mestrado Acadêmico em Ciência e Tecnologia Ambiental para o Semiárido da UPE.

First Friday

Uma vez por mês, o Museu de Fauna fica aberto até 18 horas para uma discussão científica emocionante seguida de happy hour e um passeio pelo Museu, onde a pessoa conhecerá o acervo de cerca de 40 peças de animais silvestres taxidermizados, todos do bioma Caatinga. Esse é um programa para um público de todas as idades interessado em discutir de forma dinâmica CIÊNCIA. Com início previsto para as 16 horas, as palestras têm duração mínima de 1 hora. A entrada é limitada em 100 participantes que devem realizar sua inscrição (informando seu nome completo, CPF, telefone e e-mail) no valor de R$ 15,00 até a quinta-feira que antecede o evento na recepção do CETAS Cemafauna.

A coordenação comunica ainda que para receber o certificado é preciso participar do primeiro ciclo das cinco sessões que acontecerão ao longo desse primeiro semestre. Aos participantes também será concedido o transporte para deslocamento do Cemafauna até a Univasf centro após o encerramento da sessão.

  • Serviço

First Friday - 3ª sessão de 2018

Tema - “As aves como bioindicadoras da qualidade ambiental dos Ecossistemas Aquáticos”

Data - 06/04/2018

Horário - 16h

Local - Auditório do Museu de Fauna da Caatinga, Campus de Ciências Agrárias da Univasf, BR 407, Km 12, lote 543, Projeto de Irrigação Nilo Coelho - S/N C1 em Petrolina-PE.

Outras informações – museu.cemafauna@univasf.edu.br

CASA NOVA: FESTA DOS CARETAS ATRAI CADA VEZ MAIS PÚBLICO

A Festa dos Caretas em Santana do Sobrado, uma tradição centenária, que sobreviveu ao submergir da antiga Santana nas águas do lago de Sobradinho, torna-se maior a cada ano. Ainda que poucos saibam da origem e do sentido da festa, a participação se estende à pessoas de todos os bairros de Santana e moradores da sede de Casa Nova e de outros distritos.

“É uma diversão alegre, um exercício de liberdade” – teoriza Helen Janicleide Souza, irreconhecível dentro de uma fantasia vermelha, aterrorizante, moradora em Petrolina, nascida em Santana e que volta a cada ano para participar com os caretas, correr nas ruas, perseguir guris e pedir “um real” a todos os passantes.

Wallison Torres, empresário, irmão do prefeito, nunca deixou de participar da festa: “Não tem nada de política, nem de interesse. Participo desde sempre.  Essa festa começa no nascer do sol da Aleluia e é preparação da queima do Judas no Domingo de Páscoa – discorre, com didatismo de quem se considera um estudioso das tradições culturais de Casa Nova – “Inundada a Velha Santana a tradição se manteve e João Nogueira tomou a frente da festa e hoje o que vemos são milhares de pessoas nas ruas, centenas de caretas, grupos disputando quem faz a fantasia mais caprichada”.

A Festa se encerrava com a queima do Judas, sempre uma pessoa em quem pesasse acusação de traidor ou conduta duvidosa. Com o apoio da prefeitura a festa ganhou em grandiosidade, com palco e bandas na praça e a vinda de centenas de pessoas da sede, de outros distritos e diferentes cidades.

ESPETÁCULOS DA PAIXÃO DE CRISTO EMOCIONARAM JUAZEIRENSES DA SEDE E DO INTERIOR

Durante todo o feriado santo foram realizadas encenações da via sacra na sede e no interior de Juazeiro, que emocionaram os juazeirenses. Cinco dessas apresentações foram realizadas através de edital da Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Esportes, que premia em R$30 mil, sendo R$6 mil para cada grupo.

As apresentações apoiadas pelo município aconteceram no Bairro Dom José Rodrigues, no Distrito de Itamotinga, no Povoado de Malhada da Areia (Distrito de Pinhões), no Bairro Alagadiço e em Maniçoba.

Jéssica Moura mora na sede, em Juazeiro, mas assistiu a apresentação na Malhada da Areia, em Pinhões, e ficou encantada. “Tenho familiares em Pinhões e quis prestigiar. É um espetáculo muito bonito, com cenário simples, mas de uma beleza incrível. Toda a comunidade prestigia, até porque são os próprios moradores do local que encenam. A gente acaba se envolvendo e se emocionando.  Estão todos de parabéns pela realização, inclusive a Prefeitura, por não deixar que isso se acabe”, ressalta.

O Prefeito Paulo Bomfim, acompanhado de vereadores, assessores e secretários municipais, assistiu a apresentação da Paixão de Cristo nos Distritos de Maniçoba e Itamotinga e também parabenizou o espetáculo. “Esse é o terceiro ano que implantamos a política de editais e assistir a essas belíssimas apresentações teatrais nos certifica o acerto. Parabéns a todos os grupos e à Secretaria de Cultura por manter uma ação cultural democrática, mesmo em tempos de crise”, afirma Bomfim.

Para o Gestor da Cultura, os espetáculos chamaram a atenção pelo envolvimento das comunidades em torno de cada projeto. “Próximo ano nós queremos acompanhar mais de perto as produções, tentar buscar mais recursos e antecipar o lançamento do edital”, garante Sérgio Fernandes.

SUPERLOTAÇÃO DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO REPERCUTE

O vereador Gilberto Melo, Presidente da Comissão de Saúde da Casa de Vereadores Plínio Amorim, em Petrolina, repercutiu hoje pela manhã o aviso de superlotação do Hospital Universitário. Ele disse que "situação do Hospital é bastante preocupante e ainda hoje pela manhã deve acontecer uma reunião para tratar da situação do Hospital, que anunciou na última sexta-feira (30) a superlotação da unidade.

A situação  atinge os pacientes de Juazeiro e Petrolina e outros 50 municipios que tem o atendimento realizado pelo hospital.

De acordo com a Assessoria de Imprensa da instituição, o Hospital Universitário está desde a noite de quinta-feira (29), com todas as Salas de Emergência e Unidade de Tratamento Intensivo ocupadas e sobrecarregadas. Por isso, a unidade não pode mais receber pacientes que precisem ou estejam aguardando ventilação mecânica.

O hospital atende 53 municípios está trabalhando com quase 150% da sua capacidade. A nota comunicou ainda que o HU informou a Central Interstadual de Regulação de Leitos e a Rede Interestadual Pernambuco e Bahia sobre a situação.

Na semana entre os dias 18 a 24 de março o Hospital recebeu 119 vítimas de acidentes de trânsito. Destes acidentes 87 envolveram motos. O número de acidentes com motos é um dos agravantes para o número de pacientes internados.

A assessoria de imprensa do Hospital divulgou que pretende sensibilizar a opinião pública e instituições reguladoras para discutir e buscar soluções visando à garantia do atendimento público de qualidade para os usuários.

Ainda de acordo com a nota, o Hospital Universitário, exercendo seu compromisso com a transparência e responsabilidade pública, informa que desde a noite passada (29 março), encontra-se com toda a infraestrutura de suporte à vida (nas Salas de Emergência e Unidade de Tratamento Intensivo) totalmente ocupada e sobrecarregada, estando, portanto, impossibilitado de receber pacientes que requeiram ventilação mecânica ou estejam na iminência de necessitar de entubação e consequente ventilação mecânica.

"Informamos ainda que a Central Interestadual de Regulação de Leitos (CRIL) e a Rede Interestadual Pernambuco e Bahia (PEBA) já foram comunicados sobre esta situação assim como suas possíveis consequências e estão cientes da total extrapolação da capacidade de atendimento hospitalar que hoje se reflete em uma taxa de ocupação de quase 150%", declarou a assessoria de imprensa do Hospital.

PREFEITO DE ANDORINHA QUER CONSTRUIR GALPÃO PARA ABRIGAR A FEIRA LIVRE DO MUNICÍPIO

O prefeito do município de Andorinha, Renato Brandão de Oliveira, foi recebido em audiência pelo secretário Josias Gomes, titular da Secretaria de Relações Institucionais (Serin) do Estado da Bahia na última semana. Ele esteve acompanhado pelo deputado estadual Euclides Fernandes. Entre as reivindicações apresentadas na Serin, o prefeito destacou como prioridade a construção de um galpão para abrigar a Feira Livre do município, explicando que ela é a segunda maior da região e que, assim, os feirantes e consumidores terão mais conforto e facilidades.

Renato Oliveira solicitou, ainda, um trator com implementos agrícolas, e a implantação de dessalinizadores nos poços artesianos existentes no município. "Reivindiquei, ainda, a construção de um estádio de futebol, de uma praça no povoado de Sítio do Açude, e de salas de parto e de estabilização no hospital municipal", destaca o prefeito de Andorinha.

JUSTIÇA SUSPENDE CASSAÇÃO DE MANDATO DO PREFEITO DE JAGUARARI

A Justiça suspendeu neste sábado (31) a cassação do mandato do prefeito de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha (PSDB), que havia sido acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de crime político-administrativo.

Por 10 votos a favor e três contra, a Câmara de Vereadores da cidade havia cassado o mandato de Everton.

Entretanto, o gestor interpôs um agravo de instrumento no Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), afirmando que houve a formação de comissão na Casa Legislativa para processá-lo sem seguir o critério de proporcionalidade.

Juiz substituto de 2º grau, João Batista Alcântara Filho deferiu a suspensão da sessão da Câmara Municipal que culminou na suspensão do mandato do prefeito. "Consabido que a ampla defesa é princípio constitucional que macula o Estado de Direito se não observado, e na análise das anunciadas irregularidades vê-se mais do que evidências de suas existências no procedimento para apuração de responsabilidade do agravante no exercício do mandato de prefeito municipal, pela comissão processante da Câmara Municipal de Jaguarari", afirmou na decisão.

Prefeitos debatem redução da criminalidade por meio do setor canavieiro

A Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco (AFCP) promove um debate nesta segunda-feira, a partir das 10h, sobre o projeto Renovar do setor canavieiro, que visa contribuir na redução dos índices de criminalidade na região por meio do crescimento de postos de trabalho com a recuperação de antigos patamares da safra da cana e da produtividade das usinas.

O projeto foi entregue ao governador Paulo Câmara (PSB) e pretende a partir de uma Parceria Pública Privada (PPP) “recuperar os canaviais da região a fim de renovar os canaviais do Estado e acabar com a capacidade ociosa das unidades industriais”, segundo o presidente da Associação, Alexandre Andrade Lima.

“Com isso (o projeto), abrem-se milhares de empregos no campo e usinas – condições importantes para contribuir na redução da criminalidade na nossa região, com repercussões diretas também na Região Metropolitana do Recife”, afirma Alexandre Lima.

O debate espera receber prefeitos dos municípios da Zona da Mata do Estado e parlamentares ligados à região, além dos senadores pernambucanos e o secretário estadual de Agricultura, Wellington Batista. O Renovar, elaborado pelo consultor Gregório Maranhão, conta também com a parceria do Sindicato dos Cultivadores de Cana de Pernambuco (Sindicape).

Lima explica a viabilidade do projeto para baixar a criminalidade através de outro indicador socioeconômico, que é o emprego na Zona da Mata – “região que tem superado e muito o nível de crimes”, segundo ele.

“Hoje as usinas de açúcar e etanol em Pernambuco tem uma capacidade ociosa de mais de 5 milhões. Elas moem 11,5 milhões de cana por safra diante do déficit da matéria-prima nos últimos anos, marcados por cinco anos de seca, quando estão prontas para esmagar 17 milhões”, disse o presidente da Associação.

O dirigente lembra ainda que a cada mil toneladas de cana de açúcar a mais ou a menos estão em jogo seis empregos direto e o triplo disso em indireto.

Na região, existem 11 mil fornecedores independentes de cana, dos quais já dependem 30 mil trabalhadores, de acordo com dados da Associação.  O presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), José Inácio, também estará presente já que o Renovar é um projeto que está sendo discutido dos estados da Bahia ao Rio Grande do Norte.

 

Fonte: Ascom Cemafauna/Ascom PMCN/Seculte/BlogdoGeraldoJosé/Ação Popular/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!