12/04/2018

Colina Sagrada tem música francesa e forró no sábado e domingo

 

A Colina Sagrada (Praça do Bonfim) tem uma programação especial neste final de semana. Dentro do Projeto Música Boa na Colina, no sábado (14/4), a partir das 18h30, se apresenta a cantora Lussy Dinniz, com um repertório do melhor da música francesa. O show terá participação especial de Eliana Suarez. Já no domingo (15), às 14 horas, será aberta a temporada do Forró na Colina, com a participação de Tenilson Gonzaga, com o melhor do estilo Pé de Serra.

Lussy Dinniz interpreta clássicos da música francesa. Músicas marcantes no cenário mundial como “La vie em rose”, “Ne me quitte pas”, “Emmanuelle”, entre outras. A cantora se apresenta em vários espaços de Salvador ao lado de grupos como Bago de Jazz, Orquestra de Pandeiros de Lauro de Freitas, Dose Sonora e Eliana Suarez (Musical Center).

Os shows acontecem no Espaço Casa dos Romeiros, em frente a Basílica Santuário do Nosso Senhor do Bonfim. O evento é promovido pelo Projeto Cultural Vila Criativa, com apoio da Devoção do Nosso Senhor do Bonfim e Santo Café.

Forró

No domingo, às 14 horas, começa a temporada de forró que vai se estender até o mês de junho. Na abertura do Forró na Colina, o forrozeiro Tenilson Gonzaga, intérprete do autêntico Pé de Serra.

O músico começou a tocar muito cedo. Aos 12 anos já manejava o triângulo com desenvoltura. Buscou novos instrumentos e hoje o cantor é um autêntico tocador de forró, com habilidades no violão, na zabumba e no acordeão.

  • Serviço

Música Boa na Colina

Sábado (14/4) – 18h30

Atração: Lussy Dinniz (música francesa)

Forró na Colina

Domingo (15/4) – 14h

Atração: Tenilson Gonzaga

Local: Espaço Casa dos Romeiros (em frente a Basílica Santuário do Nosso Senhor do Bonfim)

Será cobrado Couvert de R$ 10.

Projeto "Música Pelos Animais" acontece no Teatro Dona Canô

Na próxima sexta-feira (13), às 20h, o Teatro Dona Canô, espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), recebe o projeto ‘Música Pelos animais’, que reunirá vários artistas em um show em prol da causa animal. Os ingressos custam R$20 (inteira) e R$10 (meia) com classificação livre.

O projeto pretende levar música, informação e solidariedade para a população de Santo Amaro, além de promover o respeito e a compaixão pelos animais, de forma simples e objetiva. Para abrilhantar a parte musical do evento, estarão presentes artistas como Roberto Mendes, Marcel Fiuza, Tom Black, Lívia e Márcio Valverde, Val Caetano, Carol Soares, entre outros.

Feira Vegana terá segunda edição no MAB

Alimentação viva, vivência de plantio para crianças e Feira Vegana integrada aos princípios de solidariedade e não violência são parte do que constrói a próxima edição do evento Sustentabilidade no MAB, que acontece nos próximos dias 14 e 15 de abril, das 12h às 18h, no Museu de Arte da Bahia (MAB), no Corredor da Vitória. Nesta edição, a Feira Vegana Salvador servirá almoços das 12h às 15h e segue até as 18h, com lanches saudáveis e sem origem animal.

Esta é a segunda edição da feira dentro do projeto Sustentabilidade no MAB e conta com 30 empreendimentos distribuídos na área aberta do museu, entre empresas de alimentos vegetarianos, cosméticos naturais, e sem testes em animais, e vestuário. Também estará presente um stand da RedeMoinho, parceira do museu, com produtos orgânicos.

Serão dois dias de evento, com feira e atividades lúdicas, como a Oficina de Plantio de mudas de girassol, que acontece no sábado (14), às 15h, a partir do Núcleo Educativo do MAB e facilitada pelas arte-educadoras Josane Oliveira e Larissa Grazielle. A atividade é voltada à crianças de 5 a 10 anos e serão ofertadas 15 vagas, com inscrição prévia através do telefone 3117-6994.

No domingo (15), às 15h, a diversão será adulta na Oficina de Alimentação Viva, com a facilitadora Arlene Andrade, da Cooperativa RedeMoinho. Serão 20 vagas, com inscrição prévia através de mesmo número.

Mariella Santiago lança single no Lálá Multiespaço

A cantora e compositora Mariella Santiago apresenta, nos dias 13 e 14 de abril, às 21h, no Lálá Multiespaço, uma prévia do DVD “Ella é do Brasil”. As apresentações fazem parte do LáláB – Pague Minha Pauta e os ingressos custam R$10 e R$5 (meia). O projeto tem apoio do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura.

Realizado com apoio do programa Natura Musical e Fazcultura, o DVD traz 15 faixas, 11 de sua autoria, e conta com as participações de Chico César e Rafa Dias (ÀTTØØXXÁ). A apresentação no Lálá marca o lançamento do single “Lady Bankiva”, uma das faixas do projeto. “Minha proposta é trazer algumas das músicas desse repertório num formato mais essencial, de maneira que as pessoas se sintam próximas das canções, da energia que gerou e alimenta o projeto”, afirma.

Quem for à estreia na sexta (13), poderá participar de um bate-papo com a cantora sobre seu processo criativo e os enfrentamentos ao longo de sua trajetória após o show. Para Mariella, o momento é muito significativo: “13 é meu número de sorte. Nasci e ‘renasci’ num dia 13, observei que, volta e meia, acontecem coisas muito legais marcadas por este número, então, para mim, lançar mais um single e poder mostrar uma prévia do DVD neste dia já entrou pra conta dessas coisas extraordinárias”, comenta. A cantora será acompanhada por Gilberto Santiago (bateria/percussão/vibrafone), também parceiro na produção musical do DVD, Ângelo Santiago (contrabaixo elétrico e acústico), Lucas de Gal (percussão, samples) e Marcio Pereira (violão e guitarra).

LáláB – Pague Minha Pauta

As apresentações fazem parte do projeto LáláB – Pague Minha Pauta, que realizará 40 shows e quatro oficinas entre os meses de janeiro e abril, no espaço cultural no Rio Vermelho. Com o apoio financeiro do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, mecanismo de fomento das secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado da Bahia, por meio do Edital de Dinamização de Espaços Culturais, executado pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), as ações têm realização do Lálá com produção da Maré Produções Culturais.

  • SERVIÇO

LÁLÁB – PAGUE MINHA PAUTA

Mariella Santiago

Quando: 13 e 14 de abril, 21h

Quanto: R$10 e R$5 (meia)

Onde: Lálá Multiespaço - Rua da Paciência, 329, Rio Vermelho.

Quarteto de Cordas da OSBA é atração de abril do projeto "Brasil Orquestral"

O projeto Brasil Orquestral, em seu terceiro ano, recebe o Quarteto de Cordas formado por integrantes da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) para três apresentações na Caixa Cultural Salvador, nos dias 13 e 14 de abril (sexta e sábado), às 20h, e 15 de abril (domingo), às 19h. Neste encontro especial, o quarteto formado por Priscila Plata Rato (violino), Francisco Roa (violino),Serghei Iurcik (viola) e Luiz Daniel Sales (violoncelo) se une ao músico Eduardo Torres, pianista da OSBA. As apresentações contam com ingressos a preços populares (R$ 10 e R$ 5).

Nesta edição, o grupo de câmara formado por músicos da Sinfônica da Bahia interpreta duas obras do compositor checo Antonín Dvorák (1841-1904): o Quarteto de cordas nº 12, Op.96, composto em 1893 e também conhecido como Quarteto Americano, a obra de música de câmara mais popular e indissociável da igualmente célebre Sinfonia nº 9 do compositor. Completa o programa a obra Bagatelas Op. 47 do mesmo autor.

O projeto Brasil Orquestral é uma iniciativa coordenada pelo Maestro Carlos Prazeres, regente-titular e diretor artístico da OSBA desde 2011. Com curadoria do diretor teatral e dramaturgo Gil Vicente Tavares, o projeto chega em 2018 ao terceiro ano consecutivo de realização na CAIXA Cultural Salvador.

Em três anos, já foram abrigadas no projeto mais de 24 apresentações realizadas e a reunião de grupos fundamentais da música erudita produzida no Brasil hoje, sempre acompanhadas das intervenções didáticas do maestro e com coreografias criadas e executadas pela bailarina Bárbara Barbará. O projeto segue apostando em garantir diversidade e o alto nível dos grupos de música de câmara, em uma proposta que torna a música erudita mais acessível.

  • SERVIÇO

Brasil Orquestral 2018 – Quarteto de Cordas da OSBA

Período: 13 e 14 de abril (sexta e sábado), às 20h e 15 de abril (domingo), às 19h

Local: CAIXA Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro – Salvador)

Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia entrada) – vendidos na bilheteria da CAIXA Cultural, a partir das 09h do dia 13/04/2018

Estacionamento gratuito ao lado

Segunda edição do campeonato de dança de rua "Vai Chegar Battle" acontece no Centro de Cultura de Alagoinhas

No sábado (14) e no domingo (15), o Centro de Cultura de Alagoinhas, espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), recebe a segunda edição do ‘Vai Chegar Battle’, campeonato de Breaking (Dança de Rua). No evento acontecerão pockets shows, uma oficina de street dance e palestras. Os ingressos para o show custam R$10 (inteira) e R$5 (meia), a oficina R$5 (inscrição), ambos com classificação livre.

Durante o evento acontece a “Batalha de Mc’s” com conexão da Batalha do Caranga (Lauro de Freitas), Batalha do Half (Camaçari), Sexta Lírica (Feira de Santana) e Vai Chegar Battle (Alagoinhas) onde os semifinalistas se enfrentarão. Acontece também a “Batalha de BBoys” com os bboys da Bahia e estados vizinhos com a presença dos jurados Ananias Break (Salvador), Snony (Salvador) e Vinny (Simões Filho).

Haverá um workshop de Locking ministrado pelo ilustre dançarino Thiago Tavares de Feira de Santana e as Palestras ficam por conta de Ananias Break e Galf MC. O pocket show com Sangue Real, Galf Mc, A Côrte, Verso Insano, Kaos Mc, 4 Reais e EVDR acontece no sábado (14), às 15h30 e no domingo (15), às 09h. Já a Oficina de Street Dance acontece no domingo (14), às 14h.

 

Fonte: Bania Já/SecultBa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!