13/04/2018

Feira: Ronaldo é o 2º caso de renúncia para tentar governo

 

Pouco mais de 20 anos depois, os feirenses viram, de novo, um prefeito da cidade renunciar ao posto para entrar na briga pelo governo da Bahia. O democrata José Ronaldo deixou o cargo, na semana passada, para disputar o Palácio de Ondina. Ele foi o segundo caso na história de Feira de Santana.

Segundo Clóvis Ramaiana, professor de Teoria da História da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), o primeiro episódio aconteceu em 1994, quando o então prefeito João Durval se descompatibilizou do cargo para concorrer ao governo do estado. Dois anos antes, em 1992, ele tinha acabado de ser eleito para comandar a Princesinha do Sertão, pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN), derrotando o candidato do PMDB, Luciano Ribeiro.

João Durval, diz o historiador, deixou a cidade a contragosto da população feirense. Apesar disto, conseguiu chegar ao segundo turno contra o adversário Paulo Souto (PFL hoje DEM), que era o candidato do ex-senador Antônio Carlos Magalhães. No entanto, o ex-prefeito perdeu para o pefelista por 41,36% a 58,64% dos votos.

Para Clóvis Ramaiana, a situação de José Ronaldo é diferente da de João Durval. “Ele [João Durval] se candidatou e a população de Feira de Santana reagiu muito mal. A votação dele em Feira foi muito baixa. O atual renunciante faz isso depois de quatro mandatos. É um caso diferente do anterior. Apesar de ele [José Ronaldo] estar um pouco desgastado, sem tecer muita comunicação com a população, mas a reação do povo deve ser diferente do episódio com João Durval. Até porque, João Durval renunciou com menos de dois anos de mandato. Ficou mais ou menos claro que era uma passagem e Zé Ronaldo está no quarto mandato”, avaliou, em entrevista ao bahia.ba.

Além de Durval e Zé Ronaldo, o então prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, que é pai do atual gestor da cidade, também abdicou do posto para disputar uma eleição. No caso dele, que ocorreu em 1982, foi para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Houve também um quarto episódio de renúncia na história feirense. Arnold Silva deixou o cargo por problemas de saúde, em 1962.

‘Zé do Sertão’ agrada José Ronaldo e pode virar marca na campanha

Pré-candidato ao governo da Bahia, o ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo (DEM) pode adotar o nome de “Zé do Sertão” em sua campanha ao Palácio de Ondina.

O nome agradou o democrata, mas a marca ainda será avaliada. Isto porque carrega a imagem de uma região específica do estado, e pode limitar o alcance da candidatura. Aliados de Zé Ronaldo, no entanto, já têm usado a marca e tentam emplacar.

O nome teria surgido durante a comemoração do aniversário do presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), no último final de semana. Adversário do democrata, o governador Rui Costa (PT) usa a marca “Rui Correria”.

Feira de Santana não tem caso confirmado do vírus H1N1, mas SMS está em alerta

Sem nenhum caso confirmado da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o município de Feira de Santana está em alerta devido a um óbito de uma criança da região circunvizinha, que estava internada no Hospital Estadual da Criança (HEC). Seis casos suspeitos da doença foram notificados de janeiro a abril deste ano, sendo dois descartados para H1N1 e quatro estão em investigação.

Como precaução, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica (VIEP) está intensificando as ações preventivas, por meio de investigações epidemiológicas e busca ativa de casos suspeitos; educação em saúde na rodoviária, pontos de ônibus e escolas; além de capacitações para os profissionais da rede pública e privada.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza acontece no período de 23 de abril a 01 de junho, sendo 12/05 o dia D de mobilização nacional. Este ano a meta é vacinar 90% dos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

A influenza, conhecida como gripe, é uma doença viral, aguda, benigna e o quadro da doença é geralmente resolvido em uma semana. Os sintomas são febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, dor de garganta, falta de apetite, tosse e coriza. A doença pode evoluir, em alguns casos, com complicações levando a um quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com sinais de desconforto respiratório, pressão baixa e desidratação.

Alguns hábitos de higiene são recomendados para a prevenção, como: cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar, lavar sempre as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool 70; evitar aglomerações se estiver gripado ou resfriado; não compartilhar copos e talheres; dar preferência a lenços de papel, ao invés dos de pano, descartando-os sempre logo após o uso.

Majestades da Micareta serão conhecidas no próximo sábado

Já é neste sábado, 14, a escolha das majestades da Micareta 2018. O evento será realizado a partir das 16h, no Teatro Municipal Margarida Ribeiro. Concorrem ao título de rainha da festa dez candidatas. Já a chave da cidade está sendo disputada por quatro pesos pesados.

Além do corpo de jurados, o público também pode participar da seleção através dos votos que estão sendo computados através do hotsite da Micareta 2018 (www.micaretadefeira.ba.gov.br). O resultado da votação popular terá peso na final do concurso, que somado a decisão do corpo de jurados definirá o rei momo, rainha e princesas.

Concorrem ao título de rainha da festa Karoline Lopes Freitas, Gleicia Lima dos Santos, Nayele Oliveira de Jesus, Beatriz Borges Rocha, Sheila Mendes da Silva, Maiara Ferreira de Jesus, Tayonara dos Santos, Haiana Souza Vitória, Vanesca Taís de Lima e Gleize de Jesus Santos.

Já a chave da cidade está sendo disputada por Anderson Correia dos Santos, Daniel da Silva e Silva, Danilo Carvalho Oliveira e Dilson Chagas Junior.

Os vencedores receberão, além dos títulos de majestade, uma premiação em dinheiro. A rainha e o rei momo ganharão R$ 2.000, as princesas R$ 1,5 mil, cada uma.

Hotéis, bares e restaurantes que receberão foliões durante a Micareta passam por fiscalização

As condições de hotéis, restaurantes e bares tantos os localizados na avenida Presidente Dutra como os situados distantes do Circuito Maneca Ferreira, estão sendo vistoriados pela FPI (Fiscalização Preventiva Integrada). Aqueles onde são constatados problemas, os donos ou responsáveis são notificados e informados sobre prazo para adequação.

O grupo é formado por representantes do Procon, CREA, Bombeiros, Defesa Civil e Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico. Cada um deles faz a sua vistoria e emite suas conclusões, separadamente. O Procon, por exemplo, observa a qualidade e a validade dos produtos oferecidos – alguns foram encontrados e imediatamente descartados, bem como a placa com os valores a serem pagos pela ocupação dos quartos.

Hotéis situados próximo a Rodoviária recebem atenção especial da FPI

Vários hotéis, por questão de logística aos viajantes, ficam próximos da Estação Rodoviária. E são estes que recebem atenção especial da equipe da FPI, que busca, com suas observações e exigências, oferecer melhores condições de segurança e acomodações para os clientes destes estabelecimentos. “Todos devem atender a legislação”, diz Camilo Cerqueira, da fiscalização do Procon.

Edson Agapito, fiscal do CREA, diz que o órgão observa situações como a manutenção dos equipamentos, segurança no trabalho e se a obra foi fiscalizada por técnicos habilitados. A fiscalização, realizada na manhã desta quarta-feira, 11, teve o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

Na terça-feira, o setor fiscalizado foi de estrutura metálica dos camarotes. Verificaram se estão degradadas, observaram as condições de trabalho dos operários – se usavam EPI (Equipamento de Proteção Individual), se a estrutura dos camarotes estão corretamente fixadas ao solo e observados os projetos elétrico e de prevenção contra incêndio.

Abertas inscrições para 17ª edição do Casamento Coletivo

Em sua 17ª edição, o programa de inclusão social Família Cidadã está com as inscrições  abertas para o Casamento Coletivo 2018. Os interessados em oficializar a união matrimonial sem nenhuma despesa, através de iniciativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) em parceria com a Justiça, devem se dirigir ao anexo da Igreja do Avivamento Bíblico, situada na avenida Senhor dos Passos, esquina com a rua Senador Quintino, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

O programa já conta com 15 casais cadastrados. Os interessados têm até o dia 25 de maio para fazer as inscrições. Para os solteiros, devem apresentar original e cópia da Carteira de Identidade, CPF, Certidão de Nascimento atualizada nos últimos seis meses, comprovante de residência do mês anterior no nome do noivo (a) ou de seus pais (água, luz ou telefone) ou declaração de aluguel ou cópia do contrato de aluguel registrado em cartório ou declaração do proprietário do imóvel.

Já no caso de divorciados, acrescentar certidão de casamento atualizada com averbação do divórcio (últimos seis meses). E no caso de viúvos, acrescentar certidão de casamento atualizada com anotação do óbito (2ª via original expedida nos últimos seis meses), Certidão de Óbito original, do cônjuge falecido; certidão de inventário dos bens, expedida pela Vara da Família do Fórum da cidade onde foi feito o inventário, certificando se houve ou não o inventário dos bens do casamento anterior. Quando uma das partes interessadas em casar for viúvo (a), precisa-se fazer inventário negativo ou casar-se com separação total de bens, que para este tipo de regime de bens, deverá ser feita uma escritura de pato internupicial.

Para os menores de 18 anos e maiores de 16 anos, somente com consentimento expresso e por escrito dos pais. Para menores de 16 anos, com consentimento do juiz. Para cada nubente será necessário trazer um casal de testemunhas. E cada casal poderá convidar cinco testemunhas.

O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, ressalta a importância da iniciativa por dar oportunidade dos casais legalizarem a união matrimonial e usufruírem os direitos de estabilidade que a formalização da união possa oferecer.

Já o chefe de Gabinete da Sedeso, Carlos Leão, informa que a data para realização da cerimônia ainda não foi definida. Representantes do Governo Municipal vão se reunir com os juízes para definirem a data.

 

 

Fonte: Bahia.ba/Secom PMFS/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!