14/04/2018

Abapa reforça ações em sustentabilidade e meio ambiente

 

Por causa das ações estratégicas desenvolvidas em prol da agricultura baiana, os vereadores de Barreiras concederam na noite desta quarta-feira, 11, o título de utilidade pública para a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa). Na oportunidade, o conselheiro, João Carlos Jacobsen, ocupou o espaço da tribuna popular e evidenciou os investimentos da entidade em projetos, ações, pesquisas e orientações aos associados principalmente prevenção e combate a pragas e doenças, conservação ambiental (recuperação de estradas vicinais e de nascentes de rios), qualidade do algodão produzido, treinamentos e capacitações para os colaboradores da cadeia produtiva do algodão. O diretor-executivo, Lidervan Morais, e João Carlos Jacobsen, representaram a diretoria da Abapa durante a concessão do título, que vai proporcionar o fechamento de novos convênios e parcerias da entidade junto ao município de Barreiras.

Ao propor a título para a Abapa, o vereador Otoniel Teixeira, reforçou a importância da instituição, que vem garantindo ações não somente para os produtores rurais, mas para toda a sociedade, por meio da geração de emprego e renda. “Várias vezes já passei pelas estradas em nosso município, e as máquinas do Patrulha Mecanizada, estavam trabalhando. E, mais recentemente, eles vem recuperando e protegendo as nascentes dos rios, o que mostra a preocupação da entidade em contribuir com o desenvolvimento sustentável da nossa região”, afirma.

Por meio de uma votação unânime dos vereadores, o presidente da Câmara, Gilson Rodrigues, garante que “os vereadores tem a honra de conceder o título de utilidade pública para a Abapa, que vem cumprindo o seu papel social de estímulo à economia e em ações que garantem o desenvolvimento sustentável na produção de algodão”. Para o vereador Carlos Costa, “a entidade vem sendo responsável pela qualificação da cadeia do algodão baiano, que hoje é reconhecido em todo o Brasil. Foram homens visionários que acreditaram no plantio do algodão há mais de 20 anos e que continuam investindo no desenvolvimento em nossa região”, acredita.

Durante a sua apresentação na tribuna popular, transmitida ao vivo pela TV e rádio, o conselheiro João Carlos Jacobsen, reforçou para toda a sociedade o compromisso dos agricultores baianos, em específico de algodão, em levar para o campo, cada vez mais investimentos em pesquisa, tecnologia e sustentabilidade. “O oeste da Bahia é hoje uma referência no Brasil em pesquisa, tecnologia para reduzir os impactos em doenças e pragas nas lavouras como o bicudo do algodoeiro que já devastou lavouras no passado em todo o Nordeste e bem próximo aqui no sudoeste baiano. Estamos trabalhando junto com a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), na certificação, comprovando que o algodão baiano é de alta qualidade, legal e sustentável, respeitando todas as legislações vigentes, e adotando nas lavouras rigorosos critérios exigidos pelo mercado consumidor internacional”, reforçou.

Além dos programas Fitossanitário e do Algodão Brasileiro Responsável (ABR), Jacobsen reforçou as ações do “Patrulha Mecanizada” com a recuperação de 1,1 mil quilômetros de estradas vicinais com investimento de R$ 30 milhões nos últimos cinco anos, e do Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia, que já capacitou cerca de 6 mil colaboradores das fazendas em 2017, principalmente em mecanização agrícola e segurança do trabalho no campo. “São todos os projetos construídos ao longo dos 18 anos de fundação em que vem contribuindo positivamente e gerando emprego e renda para Barreiras e todo o Oeste da Bahia”, afirma.

Pagode e sertanejo no Jequié Fest promovido pelas Voluntárias Sociais

As ‘santinhas’ e os apaixonados de Jequié e região, no centro sul do estado, já têm um encontro marcado para o dia 20 de maio deste ano - a primeira edição do Jequié Fest, promovido pelas Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) para arrecadar recursos destinados às obras assistidas pela instituição.

O evento vai reunir, no Parque de Exposições de Jequié,  o cantor sensação da Bahia, Léo Santana, e a revelação do sertanejo, Felipe Araújo,  num domingo de muita dança e emoção para a ‘Cidade do Sol’.

Os ingressos estarão à venda a partir desta terça-feira (17), na loja Silvany, Eba Camisetas, P4 e Maria Maria, em Jequié. O público terá a opção de valores, a partir de R$ 40, para pista, área vip e camarote (com open bar de cerveja, água e refrigerante). Os portões serão abertos às 16h.

O público vai conferir alguns dos maiores sucessos de Léo Santana, que está no seu quarto ano como cantor solo - ‘Santinha’, ‘Dia de Baile’, ‘Várias Novinhas’ e ‘Vai dar PT’.

Já o cantor goiano Felipe Araújo fará sua primeira apresentação na cidade, mostrando o romantismo sertanejo que tem feito sucesso por todo o Brasil. Mais informações estão disponíveis pelo telefone das VSBA (71) 3117-4900.

Planalto e Bom Jesus da Serra recebem o Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama

Mulheres de 50 a 69 anos, residentes em Planalto e Bom Jesus da Serra, região de Vitória da Conquista, terão oportunidade de realizar mamografia este mês de abril, durante a ação do Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama. Em Planalto, a unidade móvel estará estacionada na Praça Duque de Caxias, proximidades da Prefeitura Municipal, no período de 16 a 26. Já em Bom Jesus da Serra, o atendimento será de 16 a 20, estando a unidade móvel estacionada no Ginásio de Esportes Marcos Túlio de Matos, na Rua Manoel Cândido de Oliveira.

A meta da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) é atender a 2.368 mulheres na faixa de 50 a 69 anos, residentes nos dois municípios. De acordo com a diretora de Projetos Estratégicos (Dipro) e, coordenadora do Saúde sem Fronteiras, Jucélia Nascimento, a mamografia é o exame que detecta precocemente o câncer de mama e, para ser atendida a mulher deve levar um documento de identidade, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço.

O atendimento é feito em unidades móveis, totalmente equipadas para dar todo o conforto necessário para as mulheres. O Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando à integralidade do atendimento.

Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Credenciamento da operação pipa 2018 tem início em Brumado

O Tiro de Guerra de Brumado recebeu a equipe do 19º de Caçadores, sediado em Salvador e chefiado pelo 1º Tenente Roberto, para realizar o processo de credenciamento da Operação Pipa, que foi iniciada no dia 09 de abril com seu término previsto para o dia 14 de abril.

O Programa de Distribuição de Água Potável no Semiárido Brasileiro foi implementado pelo Governo Federal há mais de 15 anos, com o objetivo de realizar o abastecimento de água de qualidade suficiente para se beber e preparar alimentos (potável), no Polígono da Seca Nordestino, norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

As atividades da Operação Pipa abrangem à distribuição de água potável, preferencialmente por meio de carros-pipa, às populações rurais e urbanas atingidas por período sem chuvas, com prioridade para os municípios que se encontram em situação de emergência ou estado de calamidade pública.

Cidades da microrregião e Brumado são beneficiadas com o plano de saneamento

Nesta quinta-feira (12), foi dado início ao período de orientação para implantação do plano de saneamento que beneficiará 50 cidades no interior da Bahia, mediante o Programa Ifba Saneando a Bahia (Pisa), em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

A primeira reunião preparatória incluiu representantes administrativos das cidades de Aracatu e Maetinga, que se encontraram no auditório do campus do Ifba de Brumado. Na microrregião brumadense estão inclusos ainda os municípios de Malhada de Pedras, Contendas do Sincorá, Lagoa Real, Presidente Jânio Quadros e Guajeru, que também passarão pela reunião preparatória nesta sexta-feira (13).

Como se trata de um programa para beneficiar cidades com população abaixo de 30 mil habitantes, Brumado não está incluso no mesmo, mas, através do Ifba, atuará como polo orientador para os municípios credenciados em sua microrregião.

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, a coordenadora social do Pisa, Ângela Damasceno, destacou que, a princípio, o desafio é iniciar o processo de implementação do plano, com a criação dos comitês executivos e de coordenação de cada município, além dos planos de mobilização social, o que levará 12 meses.

Desta forma, é esperado um envolvimento de toda sociedade civil organizada, com suas câmaras municipais e comunidades rurais, em todo processo de implantação do plano de saneamento. A coordenadora social e o coordenador de campo, engenheiro Rogério Saad, frisaram aos presentes que o orçamento já conta com verba assegurada de R$ 6 milhões para atender aos 50 municípios beneficiados. O valor será administrado pelo Ifba, mediante outra fundação de apoio.

FPI interdita abatedouro clandestino e apreende 1.600 quilos de carne imprópria, no Oeste da Bahia

Agentes da Fiscalização Preventiva Integrada - FPI - interditaram, nesta quinta-feira, um abatedouto clandestino, na região de Correntina, oeste da Bahia. O abatedouro funcionava em uma propriedade particular, onde também foram encontrados e apreendidos 1.600 quilos de carne, entre carne suína e miúdos de boi, dispostas no chão, em condições insalubres.

A carne seria comercializada na feira e nos açougues do município de Correntina, próximo a Santa Maria da Vitória. Técnicos da ADAB, CIPPA e PETO articiparam da ação, que apreendeu, ainda, facas, machados, lança-chamas e marretas, e carimbos utilizados para falsificar os selos dos órgãos de inspeção do governo. O dono da propriedade foi autuado e pode pagar multa de até R$ 25 mil reais pelo crime de abate clandestino.

A 42ª etapa do programa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) na região de Santa Maria da Vitória teve início nesta segunda-feira (10/04) e continua nos próximos dias. A força-tarefa é coordenada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), em parceria com o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHRSF), e em conjunto com mais de 30 órgãos municipais, estaduais e federais, num total de 220 agentes. O objetivo é fiscalizar, a fim de coibir ações de degradação ao meio-ambiente no Velho Chico e à população dos municípios banhados pelo rio considerado da integração nacional.

Participam da fiscalização os seguintes órgãos: Adab, Crea-BA, ANM, Funasa, Ibama, Inema, MPE-BA, MPF-BA, MPT - 5ª Região, DNPM, Divisa, Polícia Militar (Coppa e Cipa), PRF, Seagri, Sefaz, Sema, Sesab, SSP-BA, SRTE, SFPA, PF, CRMV, Ipac, Sudec, SPU, Sepromi, Incra, Funai, CBHSF, Agência Peixe Vivo, OAB, Marinha e Graer.

 

Fonte: Araticum/Ascom Sesab/Achei Sudoeste/Ascom FPI/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!