14/04/2018

Bahia: Balneabilidade das praias para este fim de semana

 

Baixe o aplicativo “Vai Dar Praia”, disponível para dispositivos móveis com sistema operacional Android, e confira a qualquer momento as informações sobre a qualidade das praias.

A Rede Amostral de Monitoramento da balneabilidade no estado atualmente é composta por 133 pontos, distribuídos em toda a costa baiana. As amostras de água para analises da balneabilidade são coletadas sistematicamente semanalmente, no período da manhã em locais com maior concentração de banhista.

De acordo com a resolução Conama a praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras coletadas em cinco semanas consecutivas, apresentar resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2500 coliformes termotolerantes ou 2000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 mL de água.

No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças. Além disso, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

  • Confira os resultados emitidos em 13/04/2018

Salvador

Praias impróprias: Periperi (Na saída de acesso à praia após travessia da via férrea), Penha (Situada em frente à barraca do Valença), Bonfim (Ao lado da quadra de esportes, em frente a rampa de acesso a praia), Pedra Furada (Atrás do Hospital Sagrada Familia, em frente a ladeira que dá acesso a praia), Roma (Rua Prof. Roberto Correia, junto à descida de acesso a praia, fundo do Hospital São Jorge), Canta Galo (Atrás das antigas instalações da FIB, Rua Agrário Menezes), Ondina (Situada próximo ao Morro da Sereia em frente ao Ed. Maria José), Pituba (Atrás da Praça, antigo Clube Português),  Armação (Em frente ao Hotel Alah Mar e a Rua João Mendes da Costa), Boca do Rio (Em frente ao posto Salva Vidas), Corsário (Em frente ao Posto Salva Vidas), Patamares (Em frente ao posto Salva Vidas Patamares, próximo ao Coliseu do Forró e ao Caranguejo de Sergipe).

Baía de Todos os Santos

Praias impróprias: Cabuçu (Em frente as barracas) e Coroa (Em frente as barracas da praia).

Costa dos Coqueiros

Praias impróprias: Não há irregularidades nas praias.

Costa do Dendê

Praias impróprias: Não há irregularidades nas praias.

Costa do Cacau

Praias impróprias: Marciano (Próximo ao Bar Litrão), Malhado (Próximo à escultura da sereia) e Cristo (Próximo a Barraca Point Conde Badaró).

Costa do Descobrimento

Praias impróprias: Taperapuã (Em frente ao Hotel Porto Belo).

Costa das Baleias

Praias impróprias: Não há irregularidades nas praias.

Veja a previsão do tempo para o final de semana

Previsão do tempo para sábado (14/04)

Previsão de céu parcialmente nublado em toda faixa central, nordeste e recôncavo baiano. Somente no extremo oeste e sul, há previsão de chuvas fracas e isoladas. Em Salvador o tempo ficará com variação de nuvens e possibilidade de chuvas isoladas.

Previsão do tempo para domingo (15/04)

Tempo instável com possibilidade de chuvas fracas e isoladas em toda a faixa leste e oeste da Bahia. Nas demais áreas, que inclui toda região central do Estado, predomínio de céu parcialmente nublado com poucas chances de chuvas. Para Salvador e região metropolitana, há possibilidade de chuvas, porém de fraca intensidade e podendo ocorrer em bairros isolados.

Confira programação do seminário Inovação da Gestão Ambiental e de Recursos Hídricos na Bahia

A Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) divulgam a programação completa do Seminário Inovação da Gestão Ambiental e de Recursos Hídricos na Bahia. O encontro acontece no próximo dia 20 de abril, no Fiesta Convention Center, bairro do Itaigara, na capital baiana. O evento é gratuito e a inscrição ainda pode ser realizada pela internet, no endereço: seminariopda.meioambiente.ba.gov.br

As atividades do seminário começam a partir das 8 horas, com a exposição sobre os projetos e ações realizados pelos órgãos ambientais nas áreas temáticas Gestão de Águas, Tecnologia e Informação e Governança Ambiental. A mesa de abertura do evento acontece às 9 horas, contando com a presença do secretário estadual da Sema, Geraldo Reis, e da diretora geral do Inema, Márcia Telles, e representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Ainda na parte da manhã, será realizada a palestra master, com a participação de Anivaldo Miranda, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, e do economista e professor de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), Ladislau Dowbor, que irão abordar o Panorama da Gestão Ambiental e de Recursos Hídricos, com a mediação do secretário Geraldo Reis.

Mesas temáticas

A programação segue com três mesas temáticas e painéis de discussão. Governança Ambiental Focada em Resultados será o primeiro tema, no turno da manhã, sob a coordenação do superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental da Sema, Aderbal de Castro, momento em que serão apresentadas a experiência e avaliação do Programa de Desenvolvimento Ambiental (PDA Bahia) e a efetividade da descentralização e desconcentração da gestão ambiental.

A segunda mesa abordará a temática Tecnologia em Favor de uma Gestão Ambiental Moderna, coordenada pela diretora geral do Inema, Márcia Telles. Na oportunidade, serão apresentados os painéis Ferramentas Tecnológicas de Gestão, pelo superintendente de Estudos e Pesquisas Ambientais da Sema, Luiz Ferraro, e o Mapeamento da Cobertura Vegetal e Cadastro de Imóveis Rurais, por Maria Daniela Martins e Aldo Carvalho, assessores técnicos do Inema.

Recursos Hídricos

Outra importante mesa apresenta a temática Panorama da Gestão de Águas, coordenada pelo superintendente da Sema, Luiz Ferraro. Serão apresentados os painéis Planos de Bacias Hidrográficas e Monitoramento Quali-quantitativo de Recursos Hídricos, pelo diretor de Águas do Inema, Eduardo Topázio. A cobrança do Uso de Recursos Hídricos também estará em pauta, com a apresentação da diretora de Política e Planejamento Ambiental da Sema, Elba Alves.

Finalizando o seminário Inovação da Gestão Ambiental e de Recursos Hídricos na Bahia, serão apresentados os estudos de caso: Projeto Piloto de Restauração Florestal da APA Lago de Pedra do Cavalo e o Plano Estratégico de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira. O encerramento do encontro acontece às 18 horas, com o lançamento de algumas ferramentas recentemente desenvolvidas no âmbito do Programa de Desenvolvimento Ambiental – PDA Bahia.

Inema realiza plenária eleitoral para renovação do CBH Rio Itapicuru

Com o objetivo de fortalecer o Comitê da Bacia Hidrográfica (CBH) do Rio Itapicuru o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) realizou nesta quinta-feira (12), na Unidade Regional Piemonte da Diamantina, em Senhor do Bonfim, o processo de renovação eleitoral do colegiado. Na ocasião, além de representantes do Inema, estiveram presentes segmentos da sociedade civil, poder público e usuários.

Na mesa de abertura da plenária estiveram presentes o Chefe de Gabinete (CG) do Inema, Welton Rocha, que representou a diretora geral Márcia Telles, o coordenador de Interação Social (CODIS), também do Instituto, Rob Roy, a coordenadora da Unidade Regional Piemonte da Diamantina, Thaise Loiola de Sá e o membro da Comissão Eleitoral, Eleilson Gama de Oliveira.

Welton Rocha, durante o seu pronunciamento aproveitou para alertar sobre a importância do trabalho de mobilização constante e parabenizou todos envolvidos no processo. “Precisamos parabenizar todos envolvidos nesse processo eleitoral, todos os segmentos sociais, prefeituras, usuários, técnicos, todos aqueles que, na verdade, estiveram envolvidos direta e indiretamente. Sabemos que não é fácil, pois o nosso estado é de grande extensão e não tem condições de chegar em todos esses lugares. Acredito que essa mobilização tem que ser um processo constante de todo comitê”, ressaltou o chefe de Gabinete.

Um dos responsáveis pelo processo Rob Roy afirmou ser bastante gratificante ter feito parte de mais uma etapa do ciclo de renovação do comitê. “Sabemos a importância desse momento para todos que vivem o CBH do Rio Itapicuru, então é bastante gratificante finalizar os trabalhos ciente que tudo ocorreu como planejado”, disse o coordenador.

Durante os trabalhos conduzido pelo técnico da Diretoria de Unidade de Conservação (DIRUC) Josué Calmon, por intermédio da Diretoria de Estudos Avançados do Meio Ambiente (Deama), da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) a técnica Isabela Santana), proferiu uma palestra sobre o sistema de recursos hídricos, gestão participativa e o papel do membro de CBH, que faz parte do módulo do curso Gestão Pública das Águas, além de tirar dúvidas pertinentes ao tema.

Renovação Eleitoral

A renovação dos membros dos comitês é um momento estratégico para reafirmar a gestão participativa, além de reoxigenar o comitê com uma nova composição de colegiado e diretoria, ampliando a participação dos segmentos sociedade civil, poder público e usuários incentivando estratégicas e mecanismos que garantam a conservação efetiva e eficiente. Uma vez nos Comitês de Bacias Hidrográficas esses representantes assumem a responsabilidade da gestão participativa das águas na Bacia Hidrográfica onde moram, juntamente com o Estado. Já os membros do Comitê da Caatinga buscam auxiliar nas diversas situações ambientais intensificando a importância deste bioma.

Sema lança tutorial do Módulo de Avaliação Preliminar (MAP) no próximo dia 20 de abril

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) apresenta vídeo tutorial do Módulo de Avaliação Preliminar (MAP) para que usuários possam conhecer o passo a passo da utilização da plataforma online. O MAP é uma ferramenta que permite a visualização e a análise de áreas de interesse para a implantação de empreendimentos através de dados georreferenciados, e pode ser acessada no endereço geobahiamap.seia.ba.gov.br ou por meio do site da Sema.

A ferramenta é parte integrante do SEIA, do Governo do Estado, e tem como objetivo apoiar a tomada de decisões sobre a locação de empreendimentos, dando suporte à análise da viabilidade de projetos e atividades no território baiano. A plataforma possui uma série de ferramentas de análise espacial que auxilia o usuário na identificação de aspectos ambientais, restrições legais e conflitos potenciais, além de um menu de camadas que inclui informações diversas sobre áreas protegidas, biodiversidade, geossistemas, recursos hídricos, divisões político-administrativas, socioeconomia, infratestrutura e controle e regulação.

O tutorial será apresentado no Seminário Inovação da Gestão Ambiental e de Recursos Hídricos na Bahia, que acontece no dia 20 de abril, a partir das 8h, no Fiesta Convention Center, em Salvador. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site seminariopda.meioambiente.ba.gov.br. O seminário marca o encerramento de Programa de Desenvolvimento Ambiental (PDA- Bahia) e será um grande encontro de discussão sobre os avanços e desafios da gestão ambiental e de recursos hídricos na Bahia e no Brasil.

A partir do dia 20 de abril, o tutorial estará disponível no site da Sema e no canal do órgão no youtube.

 

Fonte: Ascom Inema/Ascom Sema/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!