18/04/2018

Feira: Micareta começa na próxima quinta; veja atrações

 

Feira de Santana se prepara para quatro dias de Carnaval de época, a partir de quinta-feira (19). A cidade recebe artistas do axé, pagode e sertanejo para a festa tradicional.

Estão confirmadas as participações de Babado Novo, Leo Santana, Bell Marques, Claudia Leitte, Saulo, Tayrone.

“Tenho uma particularidade muito grande com a Micareta de Feira, que foi um divisor de águas na minha vida profissional, na minha carreira. Quando eu recebi o convite para morar em Salvador, o meu primeiro show foi na Micareta de Feira, ia ser avaliada, e eu pude mostrar o que eu sei fazer, o que eu gosto de fazer, e a partir daí as coisas começaram a acontecer na minha vida. E ficou marcado na minha história.”, revela a cantora Mari Antunes, do Babado Novo. A banda se apresenta na sexta-feira (20), no circuito oficial da festa a partir das 22h.

  • Confira todas as atrações:

Devinho Novaes

Cheiro de Amor

Armandinho e os Irmãos Macedo

Psirico

Netinho

Parangolé

Ninha

Aline Rosa

Denny Denan

Katê

Pablo

Rafa e Pipo

Ricardo Chaves

É o Tchan

Solange Almeida

Timbalada

Bell Marques

Claudia Leitte

Saulo

Tayrone

Babado Novo se apresenta sem cordas na Micareta

A banda Babado Novo irá agitar os foliões nesta sexta-feira (20), no segundo dia da Micareta de Feira 2018. O grupo comandado por Mari Antunes preparou um repertório exclusivo com os maiores sucessos da banda, além de clássicos da axé music que esquentaram outros carnavais.

A vocalista revelou que tem um carinho especial com a cidade de Feira de Santana: “foi um divisor de águas na minha vida profissional”. Mari conta que o seu primeiro show ao receber o convite para vir á Salvador, foi na Micareta de Feira: “[…] ia ser avaliada, e eu pude mostrar o que eu sei fazer, o que sei fazer […] ficou marcado na minha história”, pondera.

O Babado Novo começa a sua apresentação às 22h. A edição deste ano conta também com a volta do cantor Netinho, afastado dos palcos por problemas de saúde, e do ex-chicleteiro Bell Marques. Claudia Leitte e Daniela Mercury são algumas das atrações da festa, que tem quatro dias de agito (19,20,21 e 22).

Com patrocínio do Governo do Estado, Léo Santana puxa trio sem corda na Micareta de Feira

O cantor baiano Léo Santana vai comandar um trio sem corda no primeiro dia da Micareta de Feira de Santana deste ano. O anúncio foi feito pelo superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, nesta terça-feira (17). Contratado pelo Governo do Estado para animar o folião pipoca, o artista vai puxar o trio sem cordas a partir das 19h desta quinta (19), dia da abertura oficial da festa.

A Secretaria de Cultura do Estado (Secult), por meio do projeto Ouro Negro, garantiu a 14 entidades carnavalescas na Micareta de Feira 2018. São elas - Afoxé Filhos D Oguian, Associação Bloco Afro Flor de Ijexa, Associação Comunitária Cultural Bloco Carnavalesco Zumbi Dos Palmares, Associação Cultural Coleirinho da Bahia, Associação Cultural Comunitária Afropop Pandeirada Tambores Urbanos, Associação Desportiva Social e Cultural Quilombo, Bloco Afro Cultural e Social Sorriso Negro, Bloco Afro Cultural Feira Axé, Bloco Afro Cultural Nelson Mandella, Grêmio Recreativo Afoxé Axé Filhos de Ogun, Grêmio Recreativo Escola de Samba Brasil Meu Samba, Grêmio Recreativo Escola Nativos de Santana, Movimento Cultural Afoxé Filhos De Nanan e Movimento Cultural Afoxé Guian Filhos de Oxalá.

Aproximadamente 5,3 mil policiais militares e civis atuarão na festa, que completa 80 anos em 2018. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), serão quase 10 mil plantões extras pagos este ano pelo Governo do Estado. O caminhão do Centro Integrado de Comando e Controle Regional será utilizado em Feira de Santana para monitorar a festa com câmeras.

Micareta de Feira: filho de Edson Gomes canta e reflete músicas do pai em roda aberta ao público

Trechos como "sou camelô, sou do mercado informal, com minha guia sou profissional", de Camelô, ou "quero o meu direito de crescer na vida", de Meus Direitos, canções do artista Edson Gomes, serão a trilha da ‘Roda Música Conversada', que será realizada pelo Programa Corra pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS), nesta quarta-feira (18), às 15h, na prévia da abertura oficial da Micareta de Feira, na rua Geminiano Costa, 255, Centro, em Feira de Santana.

O evento terá a participação do cantor Jeremias Gomes, filho de Edson, que cantará as canções do pai e fará reflexões com o público presente sobre como as letras que dialogam com contextos de violação de direitos sofridos por pessoas em situação de rua. A roda de música ocorre como encerramento do ‘Projeto Samba, Suor e Redução de Danos’, realizado pela Corra pro Abraço com as pessoas assistidas pela iniciativa em Feira de Santana, que durante este mês usa como metodologia a análise de letras e canções para trabalhar conceitos de cidadania, promoção de direitos e redução de danos físicos e sociais.

"A atividade será aberta ao público. Quem quiser pode somar e refletir conosco. Entretanto, os convidados oficiais são os nossos assistidos", explica a supervisora de campo do Corra pro Abraço em Feira de Santana, Janaína Palma. A superintendente da Superintendência de Políticas sobre Drogas e Acolhimento e Grupos Vulneráveis (Suprad), Denise Tourinho, destaca que "a música se apresenta nesta atividade como instrumento de arte-educação, mas, sobretudo de redução de danos. E a contribuição de artistas nesta causa, acreditando nesta estratégia, é muito importante para darmos visibilidade à esta prática de promoção de direitos".

O Corra pro Abraço é gerido em Feira de Santana pela Associação Cristã Nacional (ACN). O programa tem o objetivo de promover cidadania e garantir direitos de pessoas que fazem uso abusivo de drogas em contextos de vulnerabilidade, ou afetadas por problemas relacionados a criminalização das drogas, baseado nas estratégias de Redução de Danos físicas e sociais. A iniciativa aproxima seus beneficiários das políticas públicas existentes uma vez que o estigma e as desigualdades interferem em suas capacidades de busca, acesso e acolhimento pelos serviços públicos.

Secretário esclarece sobre ausência do Quilombola na Micareta

O secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, posicionou-se nesta terça-feira (17) a respeito de um manifesto em meios de comunicação, por parte do Pomba de Malê, em que este tradicional afoxé lamenta não participar, este ano, da Micareta de Feira de Santana, em razão da ausência do circuito Quilombola.

  • “Compreendo a indignação do Pomba de Malê, mas, muito respeitosamente, peço à direção da entidade que me permita fazer estes esclarecimentos:

1. Não foi o Governo Municipal o criador da situação que inviabilizou o desfile no Circuito Quilombola este ano. A decisão do governo, que envolve a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Controladoria Geral do Município e a Procuradoria Geral do Município, é fruto de imposições legais a gestores públicos, tendo em vista as questões envolvendo a prestação de contas da Micareta 2017;

2. A única alternativa que nos restava para oferecer às entidades, do desfile no Circuito Maneca Ferreira, no sábado e domingo, não foi imposta. Mas sim discutida com um grupo de entidades com as quais nos reunimos e fizemos ver que estávamos vivendo uma situação extraordinária;

3. Na mesma reunião, inclusive, propus que, logo após a Micareta 2018, façamos um encontro com todas as entidades, visando discutir o Circuito Quilombola e a possibilidade de colocarmos em prática em Feira de Santana um projeto semelhante ao Ouro Negro, buscando principalmente não prejudicar todos pelo erro de um ou dois;

4. Muitas entidades de Feira de Santana não foram beneficiadas pelo Ouro Negro este ano, mas isto não significa um desprezo pela rica cultura que elas trazem para a avenida. Os gestores do Ouro Negro também são obrigados a cumprir imposições legais. Reitero aqui o meu respeito por todos, o que já pude demonstrar no diálogo que estamos mantendo desde o primeiro dia que assumi a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer”.

#MicaretadeFeira – MP apresenta amanhã plano de atuação na festa

O Ministério Público estadual apresentou nesta terça, 17, às 14h, na sede da Promotoria Regional de Feira de Santana, na Avenida Getúlio Vargas, o funcionamento e a logística do esquema de plantão montado pela Instituição para a Micareta de Feira de Santana. O evento contou com a presença da procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado e do coordenador da atuação do MP na Micareta, o promotor de Justiça Tiago Quadros.

A previsão é que oito promotores de Justiça e 11 servidores trabalhem de 19 a 22 de abril, das 8h às 20h, para que a folia no município ocorra com segurança e tranquilidade. Durante o plantão, os cidadãos poderão entrar em contato com a Promotoria de Justiça por meio dos telefones (75) 3622-2282/8577 e pelo site www.mpba.mp.br/micaretadefeira. O MP atuará nas áreas de infância e juventude, meio ambiente, saúde, direitos humanos, segurança pública e defesa social, consumidor, entre outras.

O promotor Tiago Quadros destacou a mudança do caráter da atuação do MP na folia a partir do ano passado. “Vínhamos atuando tradicionalmente na Micareta, em regime de plantão, apenas nos feitos judiciais. Em 2017, acolhendo modelo bem-sucedido aplicado ao Carnaval de Salvador, esta atuação foi ampliada. Houve incremento do número de promotores e servidores, a fim de viabilizarem a interlocução entre as instituições envolvidas no evento, atender denúncias recebidas da sociedade via e-mail ou telefone disponibilizados e implementar campanhas de conscientização”, afirmou.

Uma série de serviços e atividades estão programadas. Serão realizadas inspeções a postos policiais, unidades de saúde, delegacias, conselhos tutelares, centro de acolhimento de crianças e adolescentes; acompanhamento e monitoramento dos dados de violência; fiscalização de portais de segurança e das condições de ambulantes e catadores de material reciclável; ações de coibição à venda de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes e também ao trabalho e à violência sexual infantil; distribuição de material de campanhas de conscientização para combate ao racismo, violência contra mulher, turismo sexual etc.

Recomendações

Antes mesmo da Micareta começar, antecipando eventuais problemas, o MP atuou no período de organização da festa. Dialogou com as autoridades responsáveis, com outros órgãos fiscalizadores e estabeleceu parcerias, como a realizada com o Ministério Público do Trabalho, para garantir os direitos dos trabalhadores e coibir a exploração do trabalho infantil. Também foram expedidas recomendações para o Município, blocos, camarotes, rede de hotéis e outros estabelecimentos comerciais, com o intuito de coibir a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos e de enfrentar a violência sexual infantojuvenil.

Encontro discute preparativos para ação Micareta sem Racismo

Uma grande rede de parceiros institucionais, das esferas governamentais, do Sistema de Justiça e da sociedade civil estará articulada em torno da ação “Micareta sem Racismo”, desenvolvida a partir da próxima quinta-feira (19), em Feira de Santana. Durante encontro realizado nesta segunda-feira (16), no município, foram detalhadas as estratégias e agendas de trabalho para os quatro dias de festa.

Oferecido pela Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), em parceria com a Prefeitura Municipal, o serviço oferecerá aos foliões apoio jurídico e orientações do por meio da Unidade Móvel do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela. O equipamento funcionará no próprio circuito Maneca Ferreira, em frente à antiga DIREC.

Durante a atividade de hoje servidores e parceiros da ação discutiram conteúdos relacionados às relações étnico-raciais, de gênero, juventude e LGBT, direitos humanos, dentre outros temas.

Rede de parcerias – O serviço é uma iniciativa cooperada entre Sepromi e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), através do Departamento de Promoção da Igualdade de Gênero, Racial e de Juventude. A Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa da Bahia também estará articulada na execução do serviço.

Também participaram do encontro a Defensoria Pública do Estado (DPE); a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM); secretarias municipais de Turismo; Saúde; Educação; Prevenção à Violência; além da própria pasta do Desenvolvimento Social (Sedeso), através do Centro de Referência de Atenção à Mulher Maria Quitéria, Casa Abrigo, divisões da Proteção Especial, da Mulher, da Igualdade Racial e LGBT.

Outras organizações e segmentos estiveram presentes, a exemplo do Conselho Municipal das Comunidades Negras e Indígenas; Movimento de População de Rua; Coletivo de Mulheres; além de profissionais das equipes de abordagens e de Agentes Comunitários de Saúde.

 

Fonte: Correio/Bahia.ba/Secom Bahia/Secom PMFS/Cecom MP/Sepromi/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!