04/07/2012

ITAMARAJU: Frei Dilson e 2 crianças são espancadas

 

A irmã de Frei Dilson e duas crianças da creche também foram agredidas. Um dos bandidos tinha uma foto dele em um aparelho celular para identificá-lo.

Uma outra pessoa controlava a ação dos bandidos através de ligações do lado de fora, dando indícios que o crime possa ter sido encomendado.

O assalto aconteceu quando o frei estava reunido no refeitório da creche com as crianças, rezando o Terço antes de dormir. As crianças foram colocadas sentadas no chão, no canto da parede, juntamente com uma babá, e ameaçadas de morte caso reagissem.

Na entrevista, o frei se emocionou ao relatar as torturas contra sua irmã, Dilma Santiago. "De repente eu percebo que um deles já vem trazendo minha irmã, porque já tinha invadido o quarto dela e colocaram o cano do revólver em minha garganta e perguntaram se eu queria ver minha irmã morta", declarou o ex-prefeito.

Apesar de carregar uma foto para reconhecer frei Dílson, os bandidos diziam que queriam apenas dinheiro. Enquanto um dos bandidos mantinha uma arma contra as crianças outros dois levaram o frei para o andar superior da creche, até o escritório onde subtraíram a quantia de R$ 1,5 mil.

Os assaltantes continuaram insistindo na afirmativa que Dílson tinha mais dinheiro, mas, após torturá-lo junto com sua irmã e duas crianças da creche, foram embora levando também o seu carro, um pick-up Mitsubishi L200, de cor Prata.

De acordo com o frei, a sessão de espancamento só acabou depois que um dos bandidos recebeu um telefonema. "Alguém de fora dava orientação para que pudessem ir embora, porque já se sentia satisfeito pelo que tinha sido feito", afirmou.

A Polícia Civil de Itamaraju está investigando o caso.

Fonte: Interior da Bahia

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!