28/04/2018

Salvador e a agenda cultural para o seu fim de semana

 

Diversos eventos estão programados para acontecer nesse fim de semana em Salvador e região metropolitana. Confira alguns destaques abaixo a programação completa.

Programe-se:

SHOWS

Ivete Sangalo

Quando: domingo (29)

Onde: do Centro Espanhol (Ondina), em direção ao Farol da Barra

Horário: 17h30

Entrada: gratuita.

Devinho Novaes e Unha Pintada

Quando: sábado (28)

Onde: Armazém Hall, em Vilas do Atlântico

Horário: 21h

Ingressos: entre R$ 60 e R$ 130

Vendas: na bilheteria da casa de shows e na loja Armazém Ticket, no Salvador Norte Shopping,

Olodum

Quando: domingo (29)

Onde: Largo Pedro Archanjo, Pelourinho

Horário: 14h

Ingressos: R$ 50

Vendas: no local

Guig Ghetto

Quando: domingo (29)

Onde: Zen Salvador

Horário: 21h

Ingressos: R$ 40 (com nome na lista) e R$ 60 (fora da lista)

Vendas: no local.

Jau

Quando: domingo (29)

Onde: Parque da Cidade

Horário: 13h

Entrada: gratuita.

Tributo a Itamar Assumpção

Quando: sexta (27) a domingo (29)

Onde: Caixa Cultural, Rua Carlos Gomes, Centro

Horário: sexta e sábado, às 20h; e domingo, às 19h

Ingressos: R$10 (inteira) e R$5 (meia entrada)

Vendas: bilheteria da Caixa Cultural Salvador.

Pra Casar, Forró do Tico e Dj Rodrigo Fiuzza

Quando: sábado (28)

Onde: Zen Salvador

Horário: 20h

Ingressos: R$ 40 (com nome na lista) e R$ 60 (fora da lista)

Vendas: no local.

  • TEATRO

Trigonoteatro apresenta "Animal"

Quando: sábado (28)

Onde: Teatro Sesc Pelourinho

Horário: 19h30

Ingressos: R$ 10 (meia) e R$ 20 (inteira)

Vendas: no local.

Espetáculo Musical "De Um Tudo"

Quando: sábado (28)

Local: Teatro Sesc Casa do Comércio

Horario: 20h

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Vendas: no local

Classificação: 14 anos.

A Bofetada

Quando: sábado (28) e domingo (29)

Onde: Teatro ISBA

Horário: 20h

Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)

Vendas: bilheteria do teatro.

O Corrupto com "Frank Menezes"

Quando: sábado (28) e domingo (29)

Onde: Teatro Módulo, Pituba

Horário: 20h

Ingressos: variam entre R$ 25 e R$ 50

Vendas: na bilheteria do teatro.

  • EXPOSIÇÕES

Evento do GatoGrupo da Bahia

Data: sábado (28) e domingo (29)

Horário: 10h às 17h

Local: Hotel Mercure Salvador, Rio Vermelho

Entrada: gratuita

Informações: no site do evento.

Exposição homenageia Dona Canô

Quando: terça a domingo (até 27 de maio)

Onde: Caixa Cultural Salvador

Horário: 9h às 18h

Entrada: gratuita

Os Sertões de João Machado

Quando: terça a domingo (até 27 de maio)

Onde: Caixa Cultural Salvador

Horário: 9h às 18h

Entrada: gratuita

Exposições e JAM movimentam o fim de semana no MAM

O Museu de Arte Moderna (MAM) recebe a população de Salvador neste fim de semana, com destaque para a JAM no MAM e as mostras Volpi e Acervo dos Salões. O MAM é um espaço vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), autarquia da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

Encerrando o mês de abril e celebrando o Dia Internacional da Dança, a trilha sonora da JAM no MAM vai virar movimento nos corpos dos artistas que participarão no palco especialmente montado para a dança, dentro da área da jam session. A JAM acontece neste sábado (28) a partir das 18h, com a banda Geléia Solar, ingressos à venda no local (R$ 8 e R$ 4). O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, via Fazcultura.

A programação do museu segue com duas mostras que estão abertas à visitação, entre elas ‘’Volpi’’, que traça um amplo panorama da carreira do pintor autodidata, levando ao público 33 obras - de paisagens rurais e urbanas dos anos 1940 até trabalhos das décadas de 1950, 60 e 70, nos quais predominam composições geométricas coloridas. Entre os destaques, a têmpera sobre tela Casas (1950), obra que integra a coleção do museu.

Outra mostra é o ‘’Acervo de salões”, que expõe a trajetória de uma década e meia do evento Salão da Bahia, que revelou o seu papel inquestionável na difusão da arte contemporânea brasileira, na construção do debate e na produção do conhecimento sobre as artes visuais. Os Salões colaboraram, por meio de prêmios de aquisições, na formação de um acervo com poéticas contemporâneas.

  • Serviço

Jam no MAM

Quando: 28 de abril - 5 e 12 de maio – sempre aos sábados, às 18h

Onde: Museu de Arte Moderna da Bahia

Endereço: Avenida Contorno - Solar do Unhão).

Ingresso: R$ 8,00 (inteira) e R$ 4,00 (meia).

Vendas na bilheteria do local no dia de cada jam, a partir das 17h.

Exposição: Volpi

Quando: De terça-feira a domingo*

Onde: Casarão do MAM

Horário: Das 13h às 18h

Entrada gratuita

Exposição: ‘Acervo dos Salões’

Quando: De terça-feira a sábado*

Onde: Capela do MAM

Horário: Das 13h às 18h

Entrada gratuita

3ª edição do “Rajada Cultural” acontece no Cine Teatro Solar Boa Vista

No próximo domingo (29), às 14h, acontece no Cine Teatro Solar Boa Vista, espaço cultural administrado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), a terceira edição da “Rajada Cultural”, uma iniciativa do grupo Rajada de Consciência em parceria com outros grupos da cena hip hop do bairro de Engenho Velho de Brotas.

Entre os convidados estão Shook Mc, Adimiral, Expressão Oculta, Kwanza, entre outros. Os ingressos custam R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia) + 1kg de alimento não perecível. A classificação é livre.

A Outra Companhia de Teatro realiza temporada de “Ruína de Anjos”

O espetáculo Ruína de Anjos, de A Outra Companhia de Teatro, volta em cartaz e traz a dinâmica do trânsito e da noite do centro da metrópole. A peça conduz o público a enxergar situações que atravessam discussões sobre violência, marginalidade, tráfico de drogas, invisibilidade social, comercialização da fé e gênero. As apresentações acontecem nas ruas do Politeama, de terça a quinta, às 20h, entre os dias 02 e 24 de maio, exceto no dia 23 que não haverá apresentação.

Uma inspiração para Ruína de Anjos é a obra A Missão, do autor alemão Heiner Muller, que fala do cenário de um mundo pós-guerra, vivendo uma franca decadência. Depois de circular pelo Brasil, em 2017 representando a Bahia no Palco Giratório, programa de difusão, intercâmbio e formação do SESC, o espetáculo retorna em cartaz, em Salvador, convocando todos a mergulharem nas ruas do Politeama com a proposta de enxergar Centro de cidade considerado adoecido, apontado como perigoso, no entanto, sob o viés daqueles que são invisibilizados diariamente.

Itinerante, a obra coloca uma luz em personagens que se borram na textura urbana, embaralham os limites entre realidade e ficção, entre os personagens um pastor traficante, uma moradora de rua, um cadeirante vendedor de cafézinho, uma travesti, um burguês opressivo e uma artista de rua.

Embora aconteça na rua, o acesso para o espetáculo precisa ser reservado, em virtude de questões ligadas a segurança. Assim, há uma limitação de apenas 60 pessoas por apresentação. Os interessados já podem efetuar reservas enviando nomes para o e-mail aoutra@gmail.com indicando qual dia irá assistir. Quanto ao valor do ingresso, é no esquema paque quanto quiser.

Esta nova temporada faz parte do projeto ENXERGUE! Sonhos, memórias e declarações d’A Outra Companhia, que conta com o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, aprovado no Edital Setorial de Teatro da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb).

Serviço

Espetáculo Ruína de Anjos

Quando: 02 a 24 de maio, (terça a quinta) às 20h

Exceto 23 de maio

Onde: Casa d’A Outra – Centro Comercial do Politeama (Rua Politeama de Cima, 114, Politeama - Salvador-BA)

Ingresso: Pague quanto quiser

Cineclube Tela Preta traz às telas o protagonismo da mulher negra

A relação que as mulheres negras estabelecem com a presença e a ausência, o desafio de manter os laços familiares e a forma como elas percebem-se com o caminhar do tempo, são as reflexões que abordará os próximos programas do Cineclube Tela Preta, entre os dias 2 e 3 de maio, às 15h e às 18h no Centro Cultural de Plataforma. Com exibições seguidas de debates e a participação das realizadoras e dos realizadores, as sessões gratuitas visam promover a reflexão do processo criativo do cinema negro e a circulação das obras produzidas por sujeitos afrodescendentes.

O Cine Tela Preta retorna na próxima quarta-feira (02), às 19h, com o programa Ausências Presentes, que conta com a exibição do longa O Dia de Jerusa (2014). de Viviane Ferreira, e o curta Aquém das Nuvens (2011), de Renata Martins.

Já na quinta-feira (03), às 15h, acontece a roda de conversa sobre Políticas Afirmativas no campo do audiovisual e, às 19h, é a vez do programa Gestando Narrativas, que traz às telas os curtas Tia Ciata (2017), de Mariana Campos e Raquel Beatriz, Travessia (2017), de Safira Moreira, e o Mulheres Negras Projeto de Mundo (2016) de Day Rodrigues e Lucas Ogasawara.

O projeto é mais uma idealização do Coletivo de Cinema Negro Tela Preta, uma organização que pauta a representatividade negra no campo do cinema e audiovisual, aprovado pelo Edital Setorial de Audiovisual - Desenvolvimento e Difusão do Fundo de Cultura, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e produzido pela Rebento Filmes, uma produtora de mulheres negras.

 

Fonte: G1/SecultBa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!