01/05/2018

Uauá: Mais denuncias sobre calotes abalam a administração

 

Mais outras denuncias sobre a falta de pagamento chegou as páginas dos jornais e redes sociais da região e do Estado da Bahia sobre a bagaceira que está acontecendo no município de Uauá, provocada pela administração neocomunista do prefeito Lindomar Dantas (PCdoB), e seu grupo destruidor da mudança.

No último sábado (28) um empresário de Juazeiro manteve contato com a reportagem do AP, quando afirmou ter tomado um tombo brabo da gestão municipal.

“Isso foi no inicio do governo, até hoje não me pagaram. Já fui lá várias vezes e nada. Agora digo uma coisa, do jeito que está a prefeitura devendo salários de funcionários, fornecedores e prestadores de serviços, jamais vai se recuperar. É dali para a pior. A administração daquele rapaz foi enterrada no mês de fevereiro deste ano com as denuncias de calote. Daqui pra frente vai ser um escândalo atrás do outro. Tenho pena do povo de Uauá por ter escolhido o pior para administrar o município, isso porque quem sobre as consequências é o próprio povo”, lamentou o empresário que não citou o nome.

Segundo informações chegadas ao AP, está difícil hoje um comerciante vender para a prefeitura e não correr o risco de receber. Alguns já recuaram diante da situação.

Já na tarde desta segunda (30), o operador do poço artesiano do Distrito de Caldeirão do Almeida, zona rural do município, Edy Charlles Barbosa postou em sua rede social texto denunciando que está com 4 (quatro) meses sem receber pagamento da prefeitura. “Já estou de saco cheio, quero o meu dinheiro”, desabafou ele em tom desesperador.

Desgastada e sem rumo, mais outra denuncia de divida à trabalhadores do mesmo ramo sacudiu a administração municipal. “Os operadores de Lagoa da Pedra, São Paulinho e Sítio dos Loiolas estão na mesma situação”, disparou o vereador Rosevaldo Loiola (PDT).

Político ficha-suja manda na prefeitura de Jeremoabo

Denominado de político ficha-suja, o ex-prefeito de Jeremoabo, João Batista Melo de Carvalho, o Tista de Déda, é visto abertamente pedindo votos no município em favor do interino Chaves.

Na terra da jurema em flor, a oposição diz que o atual prefeito é apenas um ‘laranja' e que quem manda na prefeitura, de fato, é seu compadre e padrinho político (Tista), embora seja condenado pela Justiça. É inusitado, mas isso esta acontecendo debaixo das barbas da justiça.

Em Jeremoabo, o MP faz vista grossa e Tista de Déda(PSD) tira proveito dessa brecha aparecendo sorridente em cartazes ao lado de Chaves, Anabel e Diana, subindo em palanque, fazendo discurso e muito provavelmente terá participação direta nos programas de rádio.

Só isso já seria motivo suficiente para em ano eleitoral o sonolento Ministério Público acordasse desse berço expendido e tomasse alguma atitude.

O advogado Antonio Fernando Dantas Montalvão, ressalta que por essas e outras razões ele (Tista) não devia estar se expondo, já que é barrado pela Lei da Ficha Limpa.

Advogados da oposição devem acompanhar de forma efetiva e com bastante atenção a correta aplicação da Lei da Ficha Limpa, visando sempre a sua correta aplicação e evitando que políticos inelegíveis tentem ludibriar a população jeremoabense como fizeram na eleição passada.

COLETIVO LULA LIVRE REALIZA ATO POLÍTICO NO MUNICÍPIO DE CURAÇÁ

O Coletivo Lula Livre, composto pelo Partido dos Trabalhadores de Curaçá, Grupo LGBT Curaçá Diverso, Juventude Valente, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Associação de Pescadores, Movimento dos Atingidos por Barragens, Grupo de Capoeira Araúna, Curaçárte, Galeota das Artes, PSOL, PCdoB e população curaçaense, realizaram um Ato Político para defender a Democracia Brasileira, os Direitos Sociais e o direito de Lula ser candidato.

O Ato Político ocorreu nas ruas da cidade, o coletivo Lula Livre se concentrou em frente ao Fórum Municipal,  nesta segunda-feira (30). A manifestação encerrou em frente ao Mercado Municipal com a participação de Lideranças Políticas, a exemplo do Ex-Prefeito Salvador Lopes, do Presidente do PT Júlio Cézar Lopes, de Marcos Aurélio dirigente do PT, Hélio Soares militante do PCdoB, Tiano Félix vereador do PT em Juazeiro, Erika representante do Grupo Juventude Valente, Anselmo vice-presidente do PCdoB e Antônio Mauro representante do MAB.

NOSSA CAATINGA MERECE RESPEITO E CUIDADO! Por Odinilce S. Correia

Sendo considerada a "Capital Mundial do Bioma Caatinga", Sento-Sé não poderia deixar de fora a comemoração ao “dia 28/04 – Dia Nacional da Caatinga”. No Distrito de Pirí em Sento-Sé, comunidade que vive da agricultura, agropecuária e piscicultura local, os alunos do Ensino Fundamental II e dos EJAs da Escola ENVLAR – Escola Núcleo Vereador Luiz Antônio dos Reis, com a colaboração e organização da diretora, coordenadora pedagógica, professores, Monitores do Mais Educação e da Prefeitura Municipal, na pessoa de Davi, realizaram nesse dia mais do que apresentações em sala de aula, eles puseram a "mão na massa".

Cerca de 170 alunos foram às margens do Rio São Francisco que fica a 100 metros da localidade e realizaram a limpeza e coleta de lixo, foi um momento riquíssimo no qual eles usando da prática vivenciaram e propagaram a conscientização ambiental tão importante nessa região, que além de ser reconhecida a importância da Caatinga local, hoje também, pela primeira, vez Sento-Sé, entra no Mapa do Turismo brasileiro.

Ao término da coleta, ainda houve um momento de se refrescar com banho em local seguro, lanche bem nutritivo com base em frutas. Nessa ação os alunos aprenderam que o lixo que fazemos, devemos levar conosco até jogar num local apropriado. Terminando tudo em paz e com êxito, todos se dirigiram às suas casas com a "consciência limpa" de dever cumprido e a zelar.

Refis beneficia 22 mil micro e pequenas empresas baianas

Na Bahia, cerca de 22 mil empresas que fazem parte do Simples Nacional estão com dívidas tributárias, de acordo com a Receita Federal. No caso dos micro e pequenos empreendedores, a promulgação no dia 9 do chamado Refis das micro e pequenas empresas, programa de regularização tributária que permite a renegociação de dívidas com o Leão, é uma oportunidade para deixar a inadimplência.

Os empresários poderão aderir ao parcelamento do débito tributário até o prazo de 70 dias. As opções de pagamento vão desde a quitação integral do valor da dívida, com descontos de 90% dos juros, 70% das multas e 100% dos encargos, até o parcelamento em 180 meses, com desconto de 50% nos juros, 25% das multas e 100% dos encargos.

O refinanciamento dos débitos dos micro e pequenos negócios abrange os impostos com vencimento até novembro de 2017 do regime do Simples Nacional, sistema de tributação que recolhe diferentes tributos federais, estaduais e municipais das empresas de pequeno porte.

Os empreendedores que permanecem na condição de devedores tributários são excluídos do Simples Nacional, alerta o contador Domingos Neto, da ELB Contabilidade.

“O Simples é um regime que favorece o pagamento dos tributos por parte dos micro e pequenos empreendedores, considerando que os valores tributários são mais baixos que os aferidos para os negócios de maior porte. A empresa que faz parte do Simples e permanece devedora é excluída, o sistema faz uma análise anual dos devedores”, conta Neto.

Receita bruta

As empresas que optam pelo Simples têm por obrigatoriedade receita bruta anual inferior a R$ 3,6 milhões. Para Jorge Khoury, superintendente do Sebrae-BA, este é um fator-chave para que os micro e pequenos empreendedores aproveitem o Refis.

“A crise atingiu também as micro e pequenas empresas, e, sendo empreendimentos com estruturas menores, os impactos diante de uma situação de dificuldade podem ser maiores. Então, muitas dessas empresas, em determinado momento, tiveram que optar entre pagar o funcionário, pagar o fornecedor ou pagar os tributos. No caso dos tributos atrasados, como os juros e as multas são altos, mesmo depois, com o início da retomada econômica, a quitação das dívidas fica difícil”, diz Khoury.

As empresas cadastradas no Simples Nacional devem, juntas, mais de R$ 22 bilhões em impostos, de acordo com o Sebrae. Na hora de renegociar os débitos pelo Refis, o empreendedor precisa planejar a metodologia de pagamento.

“A possibilidade de pagar as dívidas em até 15 anos ameniza significativamente o valor das parcelas, mas exige uma organização e disciplina financeira de longo prazo. Da mesma forma, a opção pelo pagamento integral, tendo descontos em juros e multas, pressupõe também uma organização cuidadosa para projetar o impacto de um valor mais alto na atividade da empresa nos próximos meses”, explica o superintendente.

Agenda de capacitações

No aspecto do planejamento, o Sebrae dispõe de uma agenda de capacitações que abordam temas ligados à área tributária e planejamento financeiro, úteis para organizar os pagamentos das dívidas. As informações são obtidas na central de relacionamento, no 0800 570 0800, no site www.ba.sebrae.com.br ou nos pontos do Sebrae-BA.

Justiça do Trabalho dá posse à Chapa 2 no Sindimed e anula novo processo eleitoral

A Justiça do Trabalho determinou nesta segunda-feira (30), por meio de liminar, que a Chapa 2, vencedora das eleições do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed), deverá ter seus membros empossados na direção da entidade, nesta terça-feira, 1º de maio. Embora tenha obtido a maioria dos votos dos eleitores médicos da capital e do interior, a Chapa 2, presidida pela cirurgiã plástica Ana Rita Luna, foi impedida de tomar posse.

Após a apuração dos votos, a comissão eleitoral, nomeada pelo Sindimed, se destituiu e uma nova constituída por representantes dos Sindicatos dos Bancários, SindSaúde e APLB decidiu anular as eleições e convocar novo pleito para os dias 23,24 e 25 de maio. A decisão da Justiça do Trabalho prevê que seja desconsiderado esse novo período eleitoral, e valida o resultado das urnas já apuradas. No caso de desrespeito à liminar, ficou estabelecido o pagamento de multa de R$ 1 mil por cada dia de atraso no cumprimento do determinado.

Para a nova presidente do Sindimed, Ana Rita Luna, a Justiça do Trabalho reconheceu a vontade da maioria dos médicos que votou democraticamente. “Serão quatro anos de muito trabalho, todos juntos. Vamos fazer a verdadeira inovação e alternância de poder. Vamos lá em prol de um trabalho digno”.

Um dos articuladores do movimento pela renovação da diretoria do Sindimed, o médico Eduardo Leite considerou que a classe médica terá agora uma representação sindical livre da tutela ideológica de partidos políticos. “Teremos uma gestão do Sindimed voltada aos interesses de nossa classe”.

 

Fonte: Ação Popular/PA 24hs/Ascom Coletivo Lula Livre/A Tarde/BNews/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!