02/05/2018

Forrozeiros lançam CD em homenagem ao ritmo nordestino

 

Forró, Festa e São João. Este foi o nome dado ao CD que será lançado no próximo dia 2 de maio em Recife. O projeto já nasce grande. A ideia de Flávio José e com produção musical e direção de Targino Gondim trará 29 nomes ícones do forró que gravaram 15 canções. "O CD é, antes de tudo, uma fotografia. O melhor retrato do forró, no pós-gonzaga", afirma Flávio Leandro. "Ele é uma mostra do verdadeiro forró que o Brasil precisa redescobrir", disse Targino Gondim.

Concebido, integralmente, por arrastapés joaninos, o trabalho tem singulares interpretações de Quinteto Sanfônico, Adelmário Coelho, Alcymar Monteiro, Anastácia, Antonio Barros, Assisão, Cecéu, Chambinho, Elba Ramalho, Flávio José, Flávio Leandro, Fulô de Mandacaru, Genaro, Genival Lacerda, Geraldinho Lins, João Lacerda, Joquinha Gonzaga, Jorge de Altinho, Leonardo de Luna, Maciel Melo, Mayra Barros, Nádia Maia, Nando Cordel, Petrúcio Amorim, Quinteto Sanfônico do Brasil, Raimundinho do Acordeon, Santanna "O Cantador", Targino Gondim, Trio Nordestino e Waldonys.

O projeto que tem o Quinteto Sanfônico do Brasil, formado por Targino Gondim, Gel Barbosa,  Marquinhos Café, Sebastian Silva e Rennan Mendes como banda base para todas a vozes, mostra a magia das festas de São João, interpretado por artistas em plena atuação, que em paralelo a projetos individuais, cederam seu tempo para a coletividade, em prol de apresentar a essência do ritmo.

"Acredito que este seja o maior time de forró de todos os tempos! Um prazer imenso produzir e dirigir um projeto onde cada estrela empresta seu brilho pra "alumiar" o palco pra o Forró. Os jovens, as famílias, o povo ganha em arte, educação, conhecimento e lazer com tamanho encontro. Juntos, mostramos o que temos de mais forte e melhor: o amor à música nordestina e a Luiz Gonzaga e seus seguidores", disse Gondim.

Brincadeira Na Fogueira, de Antônio Barros, abre o disco com a voz de todos os participantes. Clássicos do mesmo compositor como Naquele São João, cantada por Flávio José e Targino Gondim, É Madrugada, na voz de Jorge De Altinho e Nádia Maia, Pra Que Fogueira interpretada por Antonio Barros, Cecéu e Adelmário Coelho, Não Vou Chorar por Nando Cordel e Santanna e Rompeu Aurora na voz de Assisão e Maíra Barros.

De Jorge de Altinho tem  as canções Deixa Clarear, uma parceria dele com Joãozinho Solares que terá a voz de Waldonys e Elba Ramalho e Bom Demais que será interpretado por Petrúcio Amorim e Leonardo De Luna. De Alcymar Monteiro tem Arraiá Da Capitá cantada por Genival Lacerda e João Lacerda. Flávio Leandro e Joquinha Gonzaga são compositores e cantores de São João Do Araripe. Composta por Assisão tem Esquenta Moreninha na voz de Chambinho e Fulô De Mandacaru.

O Quinteto Sanfônico Do Brasil interpreta a canção Um Verdadeiro Amor do idealizador do projeto, Flávio José. O projeto também apresenta novas canções como Nas Noites De São João, na voz de Trio Nordestino e Geraldinho Lins e Sou São João interpretada por Anastácia e Raimundinho do Acordeon, ambas de Targino Gondim e Carlinhos Brown, sendo que a última ainda contou com a colaboração de Antônio Barros e  Cecéu.  Alcymar Monteiro e Maciel Melo cantam a inédita Balão Proibido, de Alcymar.

"A remessa plena de seu conteúdo para todas as plataformas digitais, redes sociais e afins, abre as cancelas do forró para uma nova era de nossa música, fechando um modelo egoísta de gestão monocrática de carreiras, ao deitar-se no oportuno afã da coletividade. Traz em seu repertório uma justa e necessária homenagem ao menestrel Antônio Barros, a materialização do ato de compor", completa Flavio Leandro.

"Estou muito feliz com este sonho realizado. Tinha ele há muito tempo, mas sozinho não teria como realizar. Foi uma grande felicidade ter encontrado Targino Gondim e, sobretudo, ter a sua boa vontade. Quero agradecer a ele e a todos os participantes do projeto, que tem o objetivo de enaltecer a grande música nordestina", disse Flávio José. "Este projeto merece ser abraçado por todas as festas juninas e ser repertório das principais quadrilhas de São João", afirma Gondim.

Conheça a história do Forró, o ritmo vindo do Nordeste que encantou todo país

O Forró é um ritmo contagiante. A paixão dos brasileiros por esse estilo musical pode ser explicado por dois motivos. Primeiro, porque ele é capaz de animar qualquer festa. Além disso, o Forró também é muito bom para a saúde, pois reduz calorias e fortalece os músculos das pernas, do abdômen e dos glúteos. Geralmente uma hora de Forró é capaz de queimar 200 calorias ou mais.

Mas, onde surgiu este ritmo que conquistou os brasileiros? Quais são os tipos de Forró mais conhecidos? Conheça essas e outras curiosidades logo abaixo!

Significado

A princípio é possível destacar que o termo “Forró” se refere a festa onde, normalmente, as pessoas dançam, tocam e se divertem. No entanto, o termo não é designado para todo tipo de festa ou para qualquer música. É necessário ter uma sequência de ritmos nordestinos como, por exemplo, o xaxado, coco, baião, xote, entre outros. Hoje em dia, muitas pessoas acreditam que o Forró pode ser definido como um gênero musical e como uma dança.

Etimologia da palavra

Atualmente, existem três versões para a origem histórica do termo “Forró”. Entre elas, a mais conhecida afirma que o termo apareceu, pela primeira vez, no fim do século XIX. Ele surgiu nas construções das estradas de ferro no Nordeste, onde alguns ingleses moravam.

Naquela época, os ingleses faziam várias festas, porém poucas eram abertas à população. Quando o acesso era liberado para o público geral, na entrada havia um cartaz com a seguinte frase: “For All”, ou seja, “para todos”. Acredita-se que o termo Forró surgiu como variação da pronúncia dessa expressão.

A segunda versão é muito semelhante a primeira. No entanto, a principal diferença é em relação aos responsáveis pela festa que, nesse caso, eram os soldados norte americanos. Os eventos ocorriam durante a Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945).

A terceira versão é a mais antiga. Nela, o termo forrobodó, de origem africana, ficou conhecido. Acredita-se que este termo significa “algazarra”, “festa para a ralé” e “arrasta-pé”.

  • Tipos de Forró

Forró Pé de Serra

Em meados da década de 1940, no Nordeste, surgiu o famoso Forró Pé de Serra. A principal característica desse ritmo é que ele possui como fonte de inspiração o universo rural do sertanejo. Geralmente, esse ritmo é tocado por trios de zabumba, além de sanfona e triângulo. A maioria das danças tem passos básicos e variações simples, entre elas, podemos destacar: o giro simples da dama. No Brasil, o Forró Pé de Serra é representado por vários artistas. É possível destacar: Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, Genival Lacerda e Adlemario Coelho.

Forró Universitário

O Forró Universitário surgiu, entre as décadas de 1990 e 2000, quando jovens da região Sul do nosso país começaram a tocar e a dançar o Forró de Pé de Serra com coreografias diferentes das que eram conhecidas até então. Os novos estilos tinham influências do Rock`n Roll, Samba, Funk e Reggae.

As influências que o Forró Universitário recebeu foram responsáveis por introduzir novos passos como, por exemplo, giros mais complexos. Este ritmo tem três das várias danças que compõe o Forró Pé de Serra. São elas: baião, xote e xaxado (menos comum). Na música, são utilizados violão, contrabaixo e percussão.

Várias bandas universitárias como, por exemplo, Fala Mansa, Rastapé e Forróçacana, agitam as festas pelo país afora.

Forró Eletrônico

Este ritmo surgiu na década de 1990. Tem uma linguagem estilizada e um visual muito chamativo. Utiliza instrumentos eletrônicos como guitarra, contrabaixo e, especialmente o órgão eletrônico, que substitui a sanfona. A dança é mais sofisticada e não possui passos pequenos como ocorre em outros tipos de Forrós que citamos. Entre os artistas, podemos destacar: Frank Aguiar e as bandas Mastruz com Leite, Magnificos, Calcinha Preta e Calypso.

Danças típicas

O forró é um estilo de dança e gênero musical influenciado por africanos e europeus, fruto de ritmos musicais tais como baião, xote e xaxado. É uma das danças típicas mais populares do Brasil, relacionada à região nordeste que extraiu e espalhou para o país os embalos de um ritmo ora lento, ora rápido, recheado de instrumentos como o triângulo, a sanfona e a zabumba. Comemora-se o Dia Nacional do Forró em 13 de dezembro com festas relacionadas à data.

Mas, o surgimento dessa dança típica é controversa. Alguns acreditam que o termo teria origem americana, quando operários das estradas de ferro do nordeste se reuniam para dançar. Os ingleses que administravam as empresas chamavam a festa de ‘for all’ (para todos) e os nordestinos entendiam como forró.

Outros afirmam que o estilo seria proveniente da palavra ‘forrobodó’, festas realizadas pelos nordestinos com danças, que já aconteciam antes da chegada dos ingleses. Contudo, algo comum nessas histórias é a presença de um ritmo quente, uma dança que transmite uma onda de alegria e movimento.

Na década de 80, com o surgimento do forró eletrônico, novos instrumentos foram agregados à música, tais como a guitarra e o contrabaixo. Assim, outros tipos de públicos começaram a aderir a dança. O forró é muito curtido em shows, festas nordestinas e festas juninas.

Como Dançar Forró?

Para os iniciantes, assistir a vídeos, apresentações, pedir para alguém mais velho ensinar ou se matricular em uma escola de dança é um dos primeiros passos para iniciar a dança.

O forró é uma dança divertida, onde os pés dos dançarinos ficam paralelos, ambos um de frente para o outro. O homem abraça a mulher, sendo que uma de suas mãos fica na mão da parceira e a outra no meio das costas. A outra mão da mulher ficará no ombro. Em seguida, eles podem alternar os passos com as pernas esquerda e direita para frente e para trás. Outro passo básico é dar voltas pelo salão e giros, seguindo a sequência de dois passos para o lado esquerdo e dois para o direito.

 

Fonte: Laboratório da Notícia/BlogdeAdelmário Coelho/Danças Tíoicas.info/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!