04/05/2018

Juazeiro: Continuam abertas as inscrições para o II ENAP

 

Continuam abertas as inscrições para o II Encontro Nordeste de Advocacia Pública. O evento, que realiza este ano sua segunda edição, acontece no período de 04 a 06 de junho, na Universidade Federal do Vale do São Francisco – Univasf, localizada na Avenida Antonio Carlos Magalhães, 510, Country Club, em Juazeiro. Interessados em participar devem realizar suas inscrições através do email encontronordeste@pge.ba.gov.br. A entrada dos participantes ficará condicionada a doação de um pacote de fralda infantil (tamanho M ou G), que será doado a instituições filantrópicas. Mais informações podem ser obtidas através do telefone ( 71) 3115-0426.

O encontro é destinado à procuradores de Estado, advogados, estudantes e profissionais do meio jurídico e visa trazer para debate temas atuais e de grande importância para a Advocacia Pública. Segundo uma das coordenadoras acadêmica do evento, a procuradora do Estado da Bahia Alzemeri Martins Britto, o objetivo é reunir um expressivo numero de advogados públicos dos estados participantes. “As promoções desses debates durante o encontro qualificam o desempenho profissional e auxiliam na boa atuação do exercício da advocacia”, assegura.

O ENAP é uma promoção das Procuradorias Gerais dos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão, Piauí, Paraíba e da Escola da Advocacia Geral da União e conta com o apoio Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), município de Juazeiro e subseção da OAB-BA.

Programação

O evento, que contará com participação de renomados juristas, autoridades e convidados, será aberto na noite do dia 04, ás 19h, com uma conferência do professor titular da Universidade Federal de Pernambuco, Torquato de Castro Júnior, que discorrerá sobre o tema 'A argumentação jurídica principiológica: balanço e perspectivas no Brasil de hoje'.

Nos dois dias seguintes, a partir das 14h, serão realizados painéis cujas temáticas são: Direito Processual Civil, Solução Pacífica de Conflitos: conciliação e mediação, Direito Administrativo, Direito Tributário.

Ainda dentro da programação do período da tarde, em paralelo às palestras dos painéis, serão apresentados, em salas secundárias, casos e projetos de sucesso sobre variados temas.

O evento será encerrado na quarta-feira com um talk show que terá como participantes procuradores gerais do nordeste e um diretor da AGU.

Novidades

Durante as manhãs dos dias 05 e 06, das 9h30min às 12h, serão realizados também minicursos sobre temas de grande interesse na área jurídica, a exemplo de ‘Implantação de Câmaras de Conciliação e Mediação em órgãos da Advocacia Pública’, ‘Reforma Trabalhista e Terceirização’, Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil’, ‘Lei Anticorrupção e Acordos de Leniência’, ‘Direito de Infraestrutura’ e tantos outros de igual relevância.

A novidade do ENAP 2018 será a realização de palestras sobre Direito e Arte. Literatura, cinema e música serão os assuntos abordados pelos expositores que tratarão os temas de forma leve e inovadora.

UNEB EXIBIRÁ A 8º EDIÇÃO DE CURTAS UNIVERSITÁRIOS EM JUAZEIRO

Luz, câmera, ação! A oitava edição do “Curta na UNEB” já tem data para acontecer. Vai ser no dia 4 de junho, no Departamento de Ciências Humanas da Universidade Estadual do Estado da Bahia (UNEB), em Juazeiro, com entrada gratuita para toda comunidade.

Esse ano a mostra de audiovisual, que tem por característica a exibição de filmes de curta duração, é realizada por estudantes do sétimo período do curso de Jornalismo em Multimeios, como parte da disciplina de Tópicos Especiais em Comunicação II, ministrada pela professora Fabíola Moura. Os temas que serão exibidos no 8º Curta da Uneb dialogam com os assuntos em evidência na sociedade. Essa é a edição que terá maior número de filmes produzidos, serão sete, no total.

Além disso, na programação, está previsto um bate-papo com o diretor de fotografia Beto Martins, para falar sobre seus trabalhos cinematográficos.“ Tenho filmes urbanos, produções que falam sobre várias temáticas. Mas os filmes que vou levar para a discussão são os mais importantes para mim, porque falam sobre minha origem, minhas lembranças e memória de filho de sertanejo. É isso que pretendo levar para a conversa", conta Martins.

Para a professora e organizadora da mostra, Fabíola Moura "cada curta-metragem é uma surpresa, porque traz temas e personalidades diferentes. Os curtas são retratos daqueles que estão produzindo e também são o resultado do exercício de outras narrativas, outros formatos no audiovisual, o que contribui para o ofício de contar histórias dos futuros jornalistas”.

Mais informações siga o instagram @curtanauneb e visite a página do evento no facebook 8º Curta na Uneb.

MAVIAEL MELO LANÇA ‘ÁRIES DA CANÇÃO’ DIA 10 NO TEATRO DONA AMÉLIA

Poucos álbuns brasileiros conseguiram extrair tanta essência de uma cultura e a inquietude de um poeta e cantor nordestino como ‘Áries da Canção’, novo trabalho de Maviael Melo, que será lançado em Petrolina (PE), no próximo dia 10 de maio. O show de lançamento ocorrerá às 20h no Teatro Dona Amélia, no Sesc, e contará com as participações especiais de Maciel Melo, João Omar, Flávio Leandro, João Sereno, Antônio Marinho e Pok Ribeiro.

O título mais recente de Maviael Melo é composto por um CD, DVD, LP e um livro de poesias autorais. Na busca pelo novo, a obra possibilita viajar através das canções e causos de histórias poéticas. “Queríamos oferecer um álbum diferente, que marcasse as pessoas. Foi um trabalho rigoroso, mas creio que elas vão gostar do repertório”, comentou o cordelista.

Conhecido também pelo estilo satírico, Maviael diz que o show incentivará a interação do artista com o público. “Quem for tem que se divertir, se envolver com as músicas, os contos, dá muitas gargalhadas e se emocionar”.

O cantor

Embora tenha nascido em Iguaraci, no sertão do Pajeú, foi entre Juazeiro (BA) e Petrolina que Maviael Melo passou a sua juventude. É de sua autoria o Cordel das Águas, publicação que teve mais de cem mil cópias distribuídas nas escolas públicas da Bahia, Pernambuco, Minas Gerais e no Pará, em 2009.

Dois anos depois, realizou o I Encontro de Educação, Cultura e Cordel em Juazeiro (BA), quando lançou a primeira coletânea de cordéis produzida por professores da região, projeto que foi laureado com o Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel Patativa do Assaré, do Ministério da Cultura. O lançamento de seu primeiro CD ‘Entre a ponte dos sonhos’ ocorreu em Petrolina (2014), ocasião em que reuniu artistas como Carla Visi, João Sereno, Mario Ulloa, Marcone Melo e Paulo Ferreira.

Atualmente, além dos eventos musicais que participa, o cantor ensina poesia e cordel para crianças e professores. “É uma forma de incentivar a arte enquanto importante ferramenta de ensino”, explica.

  • Destaques

Lançamento do álbum ‘Áries da Canção’ de Maviael Melo

Teatro Dona Amélia, no Sesc Petrolina -PE

Às 20h do dia 10 de maio

Ingressos disponíveis no Sesc ou por telefone (74) 9 8863 6891.

Paulo Afonso: ‘Fim’ das baronesas na Prainha anunciado pela prefeitura durou apenas 48 hs

 Bastante propagado pela prefeitura de Paulo Afonso, como teria que ser, inclusive com veiculação de matérias em sites da região e até da capital Salvador, no caso o G1-BA e o Bahia Notícias (veja aqui e aqui), o ‘fim’ das baronesas no Balneário Prainha durou apenas 48 horas, infelizmente. Pois é, elas voltaram e enfearam novamente um dos maiores pontos turísticos da cidade, frustrando não só equipes das três secretarias do município envolvidas no trabalho: Meio Ambiente, Infraestrutura e Agricultura, como também donos de quiosques e a própria população.

É inegável dizer que não faltou empenho da força-tarefa que aparentemente havia vencido a batalha contra as baronesas instaladas no balneário, e que há mais de 45 dias interditam a área de banho aos visitantes e pauloafonsinos.

Porém, nesta terça-feira (1) o local já estava parcialmente tomado pelas baronesas, como mostram as imagens registradas hoje (2) pelo repórter do site PA4.COM.BR, Carlos Alexandre, o ‘Kaká’ (veja abaixo). O trabalho de remoção das plantas deve ser reiniciado ainda essa semana pela prefeitura.

A exemplo de Sobradinho, Xingó passa a operar com maior liberação de água da barragem

A partir desta terça-feira (1º de maio), mais água será liberada pelo reservatório da Hidrelétrica de Xingó (AL/SE) para o Baixo São Francisco, o que beneficiará municípios alagoanos e sergipanos perto da foz do Velho Chico. A Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) passará a praticar uma defluência média mensal de 600 metros cúbicos por segundo (m³/s), em vez dos 550 m³/s que vinham sendo executados desde outubro de 2017. A bacia do São Francisco passa por seca desde 2012, maior período contínuo do fenômeno já registrado na região.

Conforme pactuado na última reunião da Sala de Crise do Rio São Francisco, esta operação será realizada com uma defluência média diária de no mínimo 550 m³/s nos fins de semana e feriados. Para os dias úteis, a liberação mínima média diária será de 690m³/s, das 10h às 22h, e de 550 m³/s nos demais horários. Nas próximas semanas a Sala de Crise continuará avaliando a situação da bacia para discutir eventuais ajustes na operação das barragens. Esta é a primeira elevação da defluência de Xingó desde outubro de 2017.

Esta nova forma de operação pela Chesf atende à Resolução nº 30/2018, da Agência Nacional de Águas (ANA), publicada no Diário Oficial da União de sexta-feira (27). O documento autoriza a liberação mínima de uma média diária de 550 m³/s de água pelos reservatórios de Sobradinho (BA) e Xingó, além de uma defluência instantânea mínima de 523 m³/s. Estas regras mantêm o patamar mínimo que vinha sendo adotado na região e valem até 31 de julho.

Desde abril de 2013 os reservatórios de Sobradinho e Xingó vêm operando com uma defluência mínima abaixo de 1.300 m³/s, utilizada em situação de normalidade. As reduções das vazões liberadas foram motivadas pelas chuvas e afluências abaixo da média na bacia do Velho Chico em virtude da seca. Atualmente o Reservatório Equivalente da Bacia do Rio São Francisco – formado pelos reservatórios de Três Marias (MG), Sobradinho e Itaparica (BA/PE) – está com 39,72% de seu volume útil, sendo que um ano antes o total acumulado era de 21,48%, menor percentual do histórico.

 

Fonte: Ascom PGE/Ascom UNEB/Ascom TDA/PA4/PA 24hs/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!