04/07/2012

MARACAS: União PT/PMDB causa surpresa

 

Bem diz o ditado que em política tudo pode se esperar, inclusive o impossível.

Em Maracás, o eleitorado foi surpreendido com a aliança que envolve ferrenhos opositores da política local.a longas datas.  Após um período de mais de oito anos de rivalidade política, o grupo liderado pelo atual prefeito Nelson Portela (PT), que deixará o cargo no dia 31 de dezembro deste ano, definiu a candidatura do vice-prefeito Paulo dos Anjos à prefeitura local, tendo como candidato a vice-prefeito, o maior adversário do grupo nos últimos tempos, o ex-candidato a prefeito Antônio Fernandes, que trocou o PCdoB pelo PMDB e resolveu deixar de lado as desavenças para se aliar aos petistas.

A homologação dos nomes do candidato do PT, Paulo dos Anjos, a prefeito, e do novo pmdebista Antônio Fernandes, para vice, ocorreu em convenção municipal realizada no último sábado (30), no plenário da Câmara de Vereadores de Maracás, contando inclusive com a presença do Presidente do Legislativo baiano, Marcelo Nilo, do prefeito Nelson Portela e também do ex-prefeito Fernando Carvalho, que chegou a ter o nome ventilado como possível candidato, mas ficou de fora do páreo.

Comenta-se que a aliança entre PT e PMDB pode ter fortalecido o projeto político da oposição, que tem como candidato o empresário Uilson Novaes o ” Soya” do PDT, que conseguiu oficializar a sua candidatura causando surpresa ao formar chapa com o vocalista da Banda Me Leva o ”Tião”, figura bastante conhecida na cidade, que integra o grupo do Partido dos Trabalhadores e decidiu virar a casaca por não concordar com a ida de Fernandes para a ala petista.

Tião era um dos mais influentes aliados de Paulo e Nelson e é tido como “divisor de águas” entre ganhar ou perder a eleição. Há quem diga que,  em meio a esse embróglio todo, o quadro começa a apresentar mudanças no cenário político local.

 

Fonte: Municipios Baianos

 

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!