12/05/2018

Mucuri: Sem vagas em salas, crianças assistem aulas fora de escola

 

Por falta de vagas nas salas, estudantes de uma escola municipal de Mucuri, no extremo sul da Bahia, estão tendo que assistir aulas do lado de foram da insituição de ensino. O caso ocorre no Assentamento Jequitibá, na zona rural do município.

Os estudantes foram colocados embaixo de uma estrutura que só conta com telhado. No local, não há quadro, e os alunos ficam sentados em cadeiras velhas. Além disso, os banheiros não têm portas e estão em péssimas condições.

A escola, que fica ao lado do espaço improvisado, conta com 37 crianças matriculadas, mas não tem condições de abrigar todos durante as aulas. Os alunos que ficam do lado de fora são do 4º e 5º ano do ensino fundamental.

A secretária de Educação do município informou que assumiu a pasta em novembro de 2017 e que os problemas já existiam. Disse, ainda, que foi realizada uma licitação para uma reforma, mas a empresa vencedora teve problemas de documentação.

A prefeitura ainda não tem um prazo definido para quando as obras de reforma devem ser iniciadas.

Estudantes debatem as influências indígena e quilombola na formação de Teixeira de Freitas

Estudantes do Centro Estadual de Educação Profissional do Extremo Sul, em Teixeira de Freitas, participaram, nesta quinta-feira (10), do seminário “Memórias e esquecimentos: A história de Teixeira de Freitas por outros olhares”. O encontro foi promovido pelo Projeto Escola Cultural com o objetivo de abordar a presença de personagens históricos importantes na formação e desenvolvimento regional da cidade, que completou 33 anos de emancipação política. O evento envolveu palestras, exposição, rodas de conversa e apresentações artísticas.

O seminário, explicou o diretor da unidade escolar, Petrônio Bonfim, buscou apresentar aos alunos a importância de povos como os indígenas e os quilombolas, além de outros sujeitos históricos fundamentais no desenvolvimento da região. “Por muito tempo espalharam uma conversa que Teixeira de Freitas não possuía história, porque era formada por forasteiros. Mas temos uma rica trajetória de desenvolvimento da cidade, que tem uma grande influência de negros e indígenas e suas tradições. Por isso, é importante apresentarmos aos estudantes para que eles tenham a percepção de sua identidade, algo que segue os princípios do projeto Escolas Culturais”, enfatizou.

O professor Benedito Souza, da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), abordou o êxodo rural ocorrido na região, a partir da década de 60. “É interessante os alunos terem esse conhecimento da sua realidade para entender melhor o contexto mundial. Conhecendo os aspectos que levam os moradores da zona rural se mudarem para as cidades a procura de uma vida melhor, existe uma grande possibilidade de um entendimento melhor sobre a fuga dos sírios para a Europa, por exemplo. Então, é o conhecimento de si para compreender o todo”, explicou o palestrante.

O testemunho da estudante Nathália Souza, 18 anos, do 4º ano do curso técnico de nível médio em Administração, mostrou a importância de os alunos terem acesso à sua história. “Quando eu era mais jovem, não sabia nada sobre as referências quilombolas e indígenas da nossa região. Agora, por meio da arte e da cultura, além das palestras, pude saber bem mais sobre a nossa história e verificar a importância de conhecermos a nossa origem. Hoje foi um momento de abrirmos nossa visão sobre a localidade em que vivemos”.

ANAC renova a inscrição do aeródromo público de Prado

A decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) é válida por 10 (dez) anos, incluindo a pista de pouso da cidade pradense entre os locais autorizados para pouso e decolagem de aeronaves.

Em 2017, o aeródromo passou por reformas para atender às normas e regulamentações da ANAC, com serviços realizados pelo Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA), com a supervisão da ANAC e apoio logístico da Prefeitura Municipal do Prado.

LOCALIZAÇÃO

Para quem pretende aterrissar no município, a pista de pouso está identificada por DF(IATA) – SNRD(ICAO), localizada na latitude 17°21’02″S e na longitude 39°13’02″W.

O aeródromo fica às margens da BA-489 (trecho de ligação ao município de Itamaraju), distante cerca de 8 km do centro urbano pradense, com uma pista asfaltada em 1200 metros de comprimento por 30 metros de largura, numa altitude de 20 metros acima do nível do mar, operando durante o dia por aproximação visual.

A pista de pouso é um importante instrumento para permitir a decida e decolagem de aeronaves, transportando turistas e visitantes para o município de Prado, que está localizado na zona turística conhecida como Costa das Baleias (formada por cinco municípios: Prado, Alcobaça, Caravelas, Mucuri e Nova Viçosa).

CONCEITO

Aeródromo é um termo bem mais abrangente do que aeroporto. É simplesmente toda e qualquer área (pista) destinada a pouso, decolagem e movimentação de aeronaves. Isso em meio terrestre ou mesmo aquático. Basta haver uma pista de pouso e decolagem com os requisitos técnicos mínimos exigidos pelas autoridades reguladoras e temos um aeródromo.

Já o aeroporto, por outro lado, é um aeródromo bem mais estruturado. Dotado de instalações, infraestrutura e pessoal para o embarque e desembarque em aeronaves de pessoas e cargas. Um terminal de passageiros, por exemplo.

OAB/Eunápolis mantem reunião com a gerência do BB para ajustar procedimento dos Alvarás Judiciais

Na noite de quinta-feira (10/05), a OAB/Eunápolis. realizou reunião institucional da advocacia com a presença do gerente geral do Banco do Brasil, Antônio Maurício Freire Barbosa.

Foi abordado pelo gerente do Banco Brasil, a implementação da unificação de procedimento de processamento e levantamento dos Alvarás em todo estado da Bahia, conforme as disposições legais consignadas no convênio do Banco do Brasil e o Tribunal de Justiça da Bahia, esclarecendo que prevê prazo de até 48 (quarenta e oito) horas para levantamento de valores.

Em seguida, explanou acerca da redução do quadro de funcionários da agência e também as limitações operacionais com relação ao procedimento atual de processamento e levantamentos dos Alvarás Judiciais, o que motivou em mudanças pontuais.

Foi deliberado pelos (as) advogados presentes e pelo gerente do Banco do Brasil na referida reunião, bem como apresentado algumas proposições objetivas diante do quadro, novo procedimento que vai vigorar a partir do dia 14/05/2018 (segunda-feira) na agência bancária de Eunápolis, tais como:

Os Alvarás Judiciais com autorização para crédito em conta: serão processados e creditados os valores no mesmo dia da entrega;

Os Alvarás Judiciais sacados de forma presencial e em espécie: será feito levantamento de valores no dia útil subsequente ao da entrega, de modo que o Banco do Brasil disponibilizará um caixa específico, das 10 horas até às 12 horas, todos os dias de expediente bancário, para atender prioritariamente os advogados para levantamento dos valores em espécie;

Após o horário estabelecido, o saque do Alvará será realizado nos demais caixas/guichês do banco, mediante senha normal (não assegurara qualquer prioridade).

Os Alvarás, em qualquer modalidade (crédito em conta ou levantamento em espécie), deverá ser entregue em 02 (duas) vias na agência bancária, para efetivar o registro de protocolo

Com relação ao RPV`s, ficou decidido que a OAB apresentará uma proposição formal acerca de procedimento, de modo que será avaliado pelo Banco do Brasil.

Eunápolis 30 anos de Emancipação Política: Roni Brasil e Pastor Samuel Mariano são as atrações da festa

A Prefeitura de Eunápolis divulgou nesta sexta-feira, 11/05, as atrações para a festa dos 30 anos de emancipação político/administrativa de Eunápolis. Serão duas atrações, uma por dia, que farão a grande festa na Praça da Bandeira nos dias 12 e 13/05.

No sábado (12/05), aniversário de Eunápolis, a banda Arriba Saia, comandada pelo cantor Roni Brasil, realizará um grande show acústico, a partir das 21h, fechando as atividades do primeiro dia da Feira da Cidadania na Praça da Bandeira.

Já no domingo (13/05), às 21h, após uma tarde de apresentações de grupos evangélicos, o pastor e cantor Samuel Mariano realizará um Culto Especial do Dia das Mães, encerrando com uma noite de fé e louvor os 30 anos de Eunápolis. 

"30 anos é uma data especial e precisa ser comemorada. Foram muitas conquistas nestes anos e por isso convido todos os eunapolitanos para participarem desta festa linda em homenagem a nossa cidade. Teremos serviços, cultura, cidadania, esporte, lazer e muita diversão", convidou o prefeito Robério Oliveira.

  • Programação

Sexta-feira (11/05)

19h - Sessão Solene de Entrega de Títulos de Cidadania - Auditório da Câmara de Vereadores

Sábado (12/05)

06h - Alvorada

07h - Ato Cívico - Praça da Bandeira

07h30 - Apresentação da Fanápolis - Praça da Bandeira

08h - Abertura Oficial da Feira da Cidadania - Praça da Bandeira

08h30 - Apresentações esportivas - Praça da Bandeira

09h - Sessão Solene para entrega da Comenda 12 de Maio - Auditório da Câmara de Vereadores

12h - Programa Eunápolis 30 anos com transmissão ao vivo nas rádios e redes sociais - Praça da Bandeira

14h - Festival Cultural com as escolas municipais - Praça da Bandeira

          Largada do Passeio Ciclístico Team Sul Baiano - Praça da Bandeira

17h - Encontro de Dançarinos Cia. Mazinho Bahia - Praça da Bandeira

21h - Show acústico com Arriba Saia  - Praça da Bandeira

Domingo (13/05)

07h - Feira da Cidadania - Praça da Bandeira

07h30 - Largada da Corrida 12 de Maio da Praça da Bandeira

09h - Aulão de Zumba - Praça da Bandeira

         Largada do MotoCroos - Praça da Bandeira

16h - Apresentações de música e dança gospel da Força Jovem Universal e amigos da juventude - Praça da Bandeira

21h - Culto Especial do Dia das Mães com o pastor e cantor Samuel Mariano - Praça da Bandeira

 

Fonte: G1/A Tarde/PradoNoticias/aGazetaBahia/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!