03/06/2018

Sento Sé: Ministro de Juazeiro joga areia nas ametistas

 

Edson Duarte, o baiano de Juazeiro que já foi vereador lá antes de tornar-se deputado estadual e federal, desde o mês passado ministro do Meio Ambiente, estendeu o olhar para a região da terra natal, reabilitando a esquecida APA do Boqueirão da Onça, em Sento Sé.

A questão: a APA do Boqueirão da Onça engloba a Serra da Quixaba, onde está o garimpo de ametistas que ano passado causou sensação na mídia pelo grande número de pessoas que atraiu em todo o Nordeste.

Trava geral

Raimundo Sobreira, superintendente do Departamento Nacional de Pesquisas Minerais (DNPM) na Bahia, diz que se o garimpo fechar vai ser muito ruim.

– Lá tem mais de três mil famílias e atividade que envolve outras 40 mil. Estamos tentando negociar a liberação de uma área de 100 hectares, a do garimpo, que já está degradada.

Diz Sobreira que a APA vai impedir a liberação de mais de 200 concessões de lavras, de outros minerais, só lá.

Uauá: Prefeito baixa decreto acabando com festas folclóricas

O destaque desta semana vem do município de Uauá, na Bahia, quando o prefeito Lindomar Dantas (PCdoB) baixou decreto pegando a população de surpresa proibindo a realização da festa da Padroeira Nossa Senhora das Graça no Distrito de Caldeirão do Almeida, zona rural do município.

Se mostrando desatualizado e com postura autoritária, o gestor fez questão de destacar no decreto que: “Ficam suspensas, até segunda ordem, as festividades do interior do município de Uauá, em virtude da forte crise financeira que atinge os municípios baianos e a crise gerada pelo desabastecimento de combustíveis e produtos básicos, por conta da paralisação dos caminhoneiros, bem como, a limitação dos recursos financeiros para manutenção dos serviços públicos essenciais. “Como se vê, a greve já acabou, os postos estão reabastecidos e o comercio fluindo normalmente na cidade. É inconcebível esta postura do gestor municipal em querer acabar com a nossa tradição cultural que tem dezenas de anos através de uma canetada”, lamentou o vereador Genilson de Zé Gordo (PP).

Eu um outro ponto do texto, o gestor entrou em contradição quando alega não ter recurso em caixa para realização ou patrocínio de atividades culturais, mesmo a população sabendo que a prefeitura está entupida de pessoas contratadas com uns se chocando com os outros nos corredores sem fazer nada, e ainda realizando novas contratações. “Infelizmente este é o quadro administrativo em nosso município onde um gestor destaca em seu decreto: ‘Simples autorização ou permissão para realização de eventos festivos em vias e espaços públicos, no interesse de particulares, mesmo sem o financiamento direto do município, acarretaria aumento nos custos com limpeza urbana, saúde, fiscalização e segurança para os próprios participantes, já que não dispõe do necessário suporte de efetivo policial para garantir a ordem pública’. Quer dizer, o prefeito e seu grupo da mudança acabam com as tradições culturais alegando não ter dinheiro, mas o que não falta é muita grana para eles andarem de carrões, pagar contratos milionários a empresários que prestam péssimo serviço à população”, disparou o vereador Genilson.

“Na administração do ex-prefeito Olímpio Cardoso enfrentamos dificuldades, mas sempre o desejo popular foi respeitado com a realização dos festejos. Na época eu era secretário de infraestrutura e demos o total apoio à população de todas as localidades do interior, mas como filho desta terra continuo ao lado do povo fazendo com que as nossas tradições sejam respeitadas e mantidas”, destacou Moisés Ribeiro.

Durante as eleições de 2016, o prefeito Lindomar ganhou nas urnas com uma expressiva votação no distrito de Caldeirão do Almeida. Na época, alguns moradores se debruçaram no meio do sol forte fazendo campanha, mas com o passar dos dias a esperança se transformou em mágoa. Hoje o que se vê são pessoas do bem lutando contra o mal. “Não consigo entender o mal que este povo fez ao gestor por perseguir e maltratar tanto assim, até o operador do poço artesiano foi retirado. Outro problema grave é com relação a programação do São João por parte da prefeitura que ainda não divulgou a programação, enquanto isso, em outros municípios do país a grade já foi destacada em toda a imprensa, sendo em que alguns municípios as festividades já começaram. Aqui não, o que se vê é um grupo de incompetentes destruindo as nossas principais atividades folclóricas, e ainda possibilitando a não realização do nosso São João”, ressaltou Genilson.

Preocupados com a situação, o vereador Genilson de Zé Gordo e Moisés Ribeiro decidiram atender ao pedido de moradores para que o festejo seja realizado. A programação já está sendo veiculada em redes sociais

Mais complicações

No distrito do Caratacá, a professora Maricélia de Morais postou em sua rede social texto se queixando da possível não realização dos festejos na localidade.

Cansanção: Festejos de Senhora Santana 2018 tem primeiras atrações confirmadas

A prefeitura de Cansanção, na região norte da Bahia, através do secretário de Administração Alan Passos, confirmou na noite desta sexta-feira (01) as duas primeiras atrações dos Festejos de Senhora Santana 2018.

“Após o show histórico de 2016, Solange Almeida retorna a Cansanção na edição 2018 dos Festejos de Senhora Santana e a melhor banda de forró romântico do Brasil também retorna a Cansanção, Malla 100 Alça está confirmada” anunciou Alan nas redes sociais.

Muitas novidades ainda virão, nos próximos dias a prefeitura deverá divulgar a grade completa de atrações da tradicional festa de Senhora Santana que acontecerá entre os dias 27 e 29 de Julho.

EMBASA vai construir nova adutora para melhorar o abastecimento de Barrocas e da Salgadália/Coité

Diante dos problemas operacionais no sistema de abastecimento d’água do Distrito de Salgadália, em Conceição do Coité, município localizado no território do sisal e as comunidades ao entorno, Vila Cordeiro (Conceição do Coité), Alambique, Alto Alegre, Lagoa da Cruz, Velho Domingos, Ouricuri e Rosário (Barrocas), vinculados ao Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Serrinha, e que são atendidas da derivação a partir do Reservatório Elevado na cidade de Barrocas, A Empresa Baiana de Saneamento – EMBASA  irá construir uma nova adutora para atender a população estimada em 9.527 habitantes.

Esta demanda chegou à diretoria da EMBASA através do vereador Adalberto Neres Pinto Gordiano, mais conhecido por Betão (PT) que ao falar para o Calila Noticias, relatou que foi provocado pelos moradores do Distrito de Salgadalia, narrando uma série de problemas que vem ocorrendo com a falta d’água e da necessidade de melhorar as condições operacionais no abastecimento.

O vereador acionou os gabinetes dos deputados Alex da Piatã (PSD) e Zé Neto (PT) e os mesmos se reuniram com a presidência da EMBASA, que não mediu esforços pra vê o problema resolvido, iniciando um amplo estudo para encontrar a solução. “Nossa luta foi para encontrar uma solução permanente, pois, eram muitas as queixas que vínhamos recebendo”, falou Betão.

De acordo com a Embasa, a água tratada sai de Barrocas e  segue por gravidade numa extensão de 13 km em tubulação PVC até uma estação elevatória na localidade de Extrema, prosseguindo a adução por tubulação com a mesma característica, agora recalcada, por mais 4 km até um reservatório na sede do Distrito de Salgadália de onde é feito um novo bombeamento para um reservatório elevado de distribuição, que por sua vez, alimenta por gravidade as redes distribuidoras do sistema local de abastecimento de Salgadália, além das localidades de Peba e Serrote totalizando 2.716 ligações atendidas.

A adutora que alimenta o sistema de Salgadália iniciou sua operação em setembro de1998 e ao longo dos anos sempre apresentou problemas por conta das condições inadequadas da implantação, onde a tubulação, em quase sua totalidade, fora assentada diretamente sobre fragmentos de rochas sem uma camada necessária de envoltória de areia.

Em 2003 um trecho da adutora passou por intervenção no intuito de minimizar os efeitos decorrentes do terreno formado de rochas e à vibração do tubo durante a operação sendo necessária desenterrar parte da tubulação e colocar envoltória de areia, o que diminuiu o número de vazamentos, mas não foi o ideal e inviabilizou novas intervenções. Ao longo dos anos, com o envelhecimento do material após duas décadas, a tubulação antiga tem provocado o desligamento do bombeamento ao longo do dia, por conta inclusive da parada do bombeamento no horário de ponta.

O morador da Fazenda Extrema, Gilson Santos Pastor, 29 anos, foi encontrado pelo CN, enquanto a equipe percorria o trecho e ele relatou que a situação é muito grave, “muito pior do que se imagina, porque sempre que liga as bombas pra jogar água para Salgadália os canos estouram em diferentes pontos da adutora, falou o agricultor.

O deputado estadual Alex da Piatã (PSD), vem acompanhando o vereador Betão nesta luta desde que foi provocado pela comunidade e somado o seu mandato ao líder do governo na Assembléia Legislativa, deputado estadual Zé Neto (PT), foram ao presidente da EMBASA, Rogério Cedraz e prontamente, sensível a problemática enfrentada no SIAA de Salgadália, a Unidade Regional de Feira de Santana – UNF, através da Gerência de Operações Água, efetuou estudos visando e decidiu pela a implantação de nova adutora para atendimento à localidade.

Pioneiro na comunidade de Vila Cordeiro, primeiro morador e responsável pela doação dos primeiros terrenos para que o bairro fosse criado, o aposentado José Cordeiro Almeida Filho, 75 anos, conhecido por Zelinho, pai de 10 filhos, comemorou a notícia, pois “esse problema tem nos atormentado e por causa destes canos constantemente quebrando, aqui chega a levar 30 dias sem cair água, mas as contas chegam” falou Zelinho.

O deputado Zé Neto lembrou que o edital para realização da obra deverá será publicado no Diário Oficial do Estado nos próximos dias e garantiu que os recursos financeiros para realização da obra estão alocados, devendo os materiais hidráulicos ser adquiridos por meio de licitações já realizadas pela Embasa, na modalidade de registro de preços.

O petista lembrou também o esforço do vereador Betão para que essa obra se concretizasse.

Sobre Salgadália, o parlamentar disse que vem trabalhando há muito tempo na região e citou o exemplo da estrada que liga a sede do distrito a cidade de Conceição do Coité na primeira gestão do então governador Jaques Wagner juntamente com vereador Betão.

 

Fonte: A Tarde/Ação Popular/Portal de Noticias/Calila Noticias/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!