13/06/2018

Feira de Santana ultrapassa meta de vacinação contra a gripe

 

Mais de 120 mil pessoas foram imunizadas contra a gripe em Feira de Santana, o número corresponde a 95,67% do público alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde. A campanha prossegue até o próximo dia 15 em todas as unidades do município.

Entre as categorias prioritárias que atingiram a meta estão 44.481 idosos, 30.991 trabalhadores de saúde, 7.597 professores, 7.456 gestantes e 1.259 puérperas. As crianças correspondem ao número de 29.149 imunizações, sendo o único grupo que ainda precisa ter a cobertura vacinal de 90% alcançada.

10 mil crianças devem tomar a segunda dose

“Isso está acontecendo porque muitas crianças ainda faltam tomar a segunda dose da vacina, que deve ser aplicada no intervalo de 30 dias. Aguardamos no momento aproximadamente 10 mil crianças para o reforço”, informa a referência técnica em imunização, Carlos Henrique Valverde.

Para conseguir atingir esse número, a Secretaria Municipal de Saúde esteve conscientizando a população através de educação em saúde nas escolas, orientações em pontos de ônibus e nas unidades de saúde. A intensificação do trabalho também ocorreu por meio da vacinação nas casas de pacientes acamados.

“Estivemos mobilizando todas as equipes em busca de atingir o maior número de pessoas dentro do prazo estabelecido”, ressalta o enfermeiro.

Caso haja disponibilidade de vacina em estoque, após o dia 18 de junho crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos também poderão receber o imunizante. “Recebemos uma nota técnica do Ministério da Saúde autorizando a imunização a essas pessoas caso sobrem doses do imunizante, já que não serão enviadas remessas para esse público”, informa.

Segundo a nota do Ministério da Saúde, a escolha de estender o imunizante para o grupo de 50 a 59 anos é devido a apresentação de maior carga de doença, elevando o percentual de risco e maior vulnerabilidade para o óbito. Já no caso das crianças de cinco a nove anos, o Ministério informa que estas apresentam melhor resposta a vacinação e também são transmissores do vírus para comunidade.

Justiça indefere pedido da APLB de bloqueio de precatórios na conta do Município

Foi indeferido pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Feira de Santana,  pedido de liminar da APLB local, de bloqueio de recursos provenientes de precatório, contra a Prefeitura Municipal. A União faz o repasse à ao Município após ter sido condenada a pagar diferenças relacionadas ao Fundef.

A União foi condenada a ressarcir, a título de complementação do Fundef, centenas de municípios brasileiros, entre os quais Feira de Santana. Os recursos devem ser aplicados na “promoção da manutenção e desenvolvimento da educação básica e à valorização dos profissionais da educação”.

A APLB deseja que uma parte significativa dos precatórios seja destinada a remuneração dos professores e para tal solicitou o bloqueio dos recursos que cheguem á conta do Município. O juiz, em seu despacho, informa que a entidade sindical não revelou “elementos concretos que autorizem o bloqueio do valor vindo do precatório de nº 0083681-55.2017.4.01.9198”.

O procurador geral da Prefeitura, Cleudson Almeida, diz que a decisão judicial reforça a tese de que os municípios devem ter autonomia na gestão dos recursos, conforme já reconhecido pelo Supremo Tribunal Federal, desde que aplicados em ações que visem a melhoria do ensino básico.

Feira: Mudança na gestão da Unimed ainda vai ser debatida, diz assessor

Circula a notícia que a Unimed Feira, operadora de planos de saúde, está deixando as atividades no município, passando a gestão para a central nacional Unimed. O assessor de imprensa da Unimed Feira, Edson Borges, esclareceu que os donos da Unimed vão se reunir para discutir esse assunto, em assembleia que já está marcada.

"Eles é que vão resolver se vai ter essa mudança administrativa, por enquanto eu não posso falar nada, pois ainda não há uma decisão. Depois que ocorrer a assembleia, a Unimed vai se pronunciar para a comunidade de Feira de Santana. Isso é apenas uma proposta de uma mudança, meramente administrativa. É preciso deixar claro que a Unimed de Feira não vai acabar, seria uma mudança de cunho administrativo", frisou.

Edson afirmou acreditar que essa mudança já ocorreu em outros municípios e que ela é autorizada pela Agência Nacional de Saúde, que regula os planos de saúde. Ele garantiu que a Unimed não está em dificuldade de gestão.

“Não há nada que não tenha um respaldo legal, caso ocorra a mudança. Para os beneficiários, continua a mesma assistência e não muda nada”, destacou.

Médico é acusado de cobrar para realizar cirurgias em pacientes do SUS em Feira de Santana

Um médico foi denunciado nesta segunda-feira (11) pelo Ministério Público estadual. Segundo o órgão, ele estaria cobrando de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) o pagamento de valores pela realização de procedimentos cirúrgicos ortopédicos.

Segundo a denúncia, do promotor de Justiça Tiago Quadros, o médico trabalhava como ortopedista conveniado do SUS na Casa de Saúde Santana (CSS), em Feira de Santana, onde teria realizado as cobranças ilegais.

Ele vai responder pelo crime de concussão, quando um funcionário público exige vantagem indevida em razão da função que possui ou possuía. A prática criminosa está prevista no artigo 316 do Código Penal.

De acordo com o MP, o médico é acusado de ter cobrado de duas pacientes, nos dias 23 de agosto de 2010 e 2 de setembro de 2013, o total de R$ 1.120. Os valores “simbólicos” teriam sido exigidos, respectivamente, para realização de duas cirurgias no braço direito (uma por R$ 300 e outra por R$ 400) e de um tratamento cirúrgico nos punhos (R$ 420).

Conforme a denúncia, o médico chegou a argumentar a uma das pacientes que a prestação do serviço pelo SUS demoraria a ponto de causar “paralisia nos movimentos do braço direito”. À outra paciente o ortopedista teria escrito em “um papel o valor a ser pago e o nome da pessoa que deveria recebê-lo” e respondido a ela, quando questionado sobre se o procedimento não seria coberto pelo SUS, que “cobria mas não pagava”.

Posse de dirigentes de entidade fortalece movimento negro em Feira

A Associação Cultural Moviafro, que representa 22 blocos afros e afoxés em Feira de Santana, teve seus membros representantes de diversas instituições empossados na noite de sexta-feira, 08, no Mercado de Arte Popular. A iniciativa deve fortalecer e unificar grande parte do movimento negro em Feira de Santana.

O presidente da Moviafro, Valmilton Conceição, representante da Escola de Samba Império Feirense, afirma que esse é um momento único para o movimento negro dentro de Feira de Santana. “As principais entidades afro se reúnem para formalizar essa união. O moviafro vem para agregar. Juntar todos para discutir uma situação singular”, afirma.

A diretora do Departamento de Turismo de Feira de Santana, Graça Cordeiro, que representou o secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Junior, afirma que, além de fortalecer o debate sobre as questões étnico-raciais, essa unificação irá facilitar o diálogo existente entre prefeitura e o movimento. “Eles têm a proposta de realizar atividades o ano todo e, com essa união, as pautas serão mais condensadas”, pontua.

Os membros do Conselho

Os membros do conselho deliberativo são Waldete Barreiros Lima, representante do Afoxé Filhos de Ogum; Gilberto Pinheiro dos Santos, do bloco Afro Sorriso Negro; Luiz Carlos Souza Silva, do bloco Afro Filhos de Malê e Ronevon de Jesus Silva, representando a Escola de Samba Escravo do Oriente.

A diretoria executiva será composta por Gilvan de Souza Araújo, do Afoxé Filhos de Oxalá – diretor de Operações, Trabalho e Previdência; Erivaldo Soares de Oliveira, do bloco Afro Guerreiros Africanos – diretor de Patrimônio e Marcos Tanferi, do bloco Afro Império Africano, assumindo o cargo de diretor de Assuntos Sociais, Educação e Orientação Cultural.

Na tesouraria, Diana Lima Carneiro, representando o Afoxé Filhos D’oguian; Elisângela Lima, da Escola de Samba Brasil Meu Samba, será secretária e o vice-presidente será Gilson dos Santos Moreira, do bloco Afro Tambores Urbanos.

Comissão da Festa de Sant’ana apresenta programação ao prefeito Colbert

A programação festiva em homenagem a Nossa Senhora Sant’ana foi apresentada ao prefeito Colbert Martins Filho, na manhã desta segunda-feira, 11, em seu Gabinete, no Paço Municipal Maria Quitéria. Na oportunidade o chefe do Executivo Municipal foi convidado pela comissão da festa a participar do Novenário, que vai transcorrer de 17 a 26 de julho, na Catedral Metropolitana (Igreja da Matriz).

“Agradeço o convite e me sinto feliz em participar da festa da padroeira da nossa cidade”, disse Colbert Martins ao afirmar que todos os anos assiste às celebrações festivas em homenagem a avó de Jesus. 

O pároco da Catedral, padre Arivaldo Vitória, falou da devoção dos fieis católicos à Senhora Sant’ana e da sua relação histórica com a origem da cidade. “A procissão de Senhora Sant’ana é uma das maiores de todo o nordeste, atraindo um grande número de pessoas que manifestam a sua fé em Deus e rogam a intercessão da santa”.

PROGRAMAÇÃO

Neste ano, o tema do novenário será “Cristãos Leigos e Leigas, Sal na Terra e Luz do Mundo, na Igreja e na Sociedade”. Uma missa marcada para o dia 1º de julho anunciará a festa. Serão nove dias de orações do terço, confissões, missas, às 20h, seguida de quermesse e louvores.

No dia da Excelsa Padroeira, 26/07, as homenagens terão início com uma alvorada, às 5h. Às 7h, haverá uma missa celebrada por monsenhor Luiz Rodrigues Oliveira, representante do clero e pároco da Paróquia Senhor dos Passos. Já às 10h, a solene celebração eucarística que será presidida por dom Zanoni Demettino Castro, com pregação de dom Antônio Tourinho Neto, bispo da recém criada diocese de Cruz das Almas.

Ainda nesse dia, às 16h, haverá a procissão com os andores levando as imagens dos padroeiros das paróquias da arquidiocese. Ao final, a bênção do Santíssimo Sacramento.

Além de membros da comissão da festa e do pároco Arivaldo, o vigário da Catedral, Aristóteles da Silva, também visitou o prefeito.

 

Fonte: Secom PMFS/Acorda Cidade/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!