05/07/2018

Começa a temporada das baleias em Itacaré e região

 

A Bahia é o estado com maior número de destinos para a observação das baleias jubarte, que proporcionam anualmente, de julho a novembro, um belo espetáculo de acrobacia. Por suas águas tranquilas, o litoral baiano é escolhido como o local de permanência desses mamíferos, que chegam para acasalar e amamentar os filhotes. A estimativa é do Instituto Baleia Jubarte, que acompanha há 30 anos o período reprodutivo dos animais, que chegam a medir 16 metros de comprimento e a pesar até 40 toneladas.

As baleias são animais migratórios e estabelecem lugares diferentes para alimentação e reprodução. Entre julho e novembro, elas saem da região da Antártida, que passa por um inverno rigoroso, e migram para águas tropicais, que são mais quentes, para poderem se reproduzir. Desde maio alguns animais já começaram a chegar no estado. O maior berço reprodutivo do Atlântico Sul é na região de Abrolhos – que vai do extremo sul da Bahia ao norte do Espírito Santo.

Situada no Extremo Sul da Bahia, entre o mar e as terras cobertas pela Mata Atlântica, a Costa das Baleias abriga tesouro de belezas naturais como o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, considerado o maior berçário reprodutivo das baleias em todo o Atlântico Sul Ocidental. A maneira mais fácil de chegar ao local é por meio da cidade de Caravelas. O parque figura como um dos principais pontos de permanência das baleias, ao lado de municípios como Itacaré, Porto Seguro, Prado, e localidades como Barra Grande, Morro de São Paulo, Boipeba e Praia do Forte, sendo o turismo de observação dos animais, o whatewatching, uma das alternativas de geração de renda para a população do litoral baiano.

As baleias ficam entre quatro e cinco meses nas áreas de reprodução, até que os filhotes estejam desenvolvidos e possam retornar com as mães para a Antártida.

20 mil baleias jubarte devem passar pelo litoral da BA na temporada de reprodução

Cerca de 20 mil baleias jubarte devem passar pelo litoral da Bahia entre os meses de julho e novembro, quando ocorre o ciclo reprodutivo da espécie. A estimativa é do Instituto Baleia Jubarte, que acompanha há 30 anos o período reprodutivo dos animais, que chegam a medir 16 metros de comprimento e a pesar até 40 toneladas.

As baleias são animais migratórios e estabelecem lugares diferentes para alimentação e reprodução. Entre julho e novembro, elas saem da região da Antártida, que passa por um inverno rigoroso, e migram para águas tropicais, que são mais quentes, para poderem se reproduzir. Desde maio alguns animais já começaram a chegar no estado.

O maior berço reprodutivo do Atlântico Sul é na região de Abrolhos – que vai do extremo sul da Bahia ao norte do Espírito Santo.

Itabuna: Justiça determina reabertura de hospital

Uma decisão da Justiça desta terça-feira (3) obriga a prefeitura de Itabuna, no sul do estado, a reabrir o Hospital São Lucas. A unidade de saúde estava fechada há mais de um mês por falta de repasse de verba à mantenedora do hospital. Na sentença, o juiz Luiz Sérgio dos Santos determinou que a prefeitura da cidade e o governo do Estado façam a reabertura do hospital em 48 horas.

Ficou ainda designado que a unidade de saúde funcione como “Hospital de Retaguarda”, com oferta de pelo menos 50 leitos para atendimento a pacientes clínicos, oncológicos, cardiológicos e nefrológicos.

O juiz ainda estabeleceu que deve ser feito um contrato, em caráter emergencial, com a Santa Casa de Misericórdia – Hospital São Lucas. A ação que ocasionou a decisão judicial foi feita pelo promotor de Justiça Patrick Pires da Costa.

Ilhéus e Jucuruçu estão entre os 63 municípios com maior risco de poliomielite na Bahia

O risco de contaminação por paralisia infantil, a poliomielite, é uma realidade em pelo menos 312 municípios do país. Ainda que o último caso da doença tenha sido registrado na década de 80, o vírus não foi erradicado pelo mundo. Na Bahia, 63 cidades não vacinaram metade das crianças que compõem o público-alvo no ano de 2017.

As informações divulgadas pelo Ministério da Saúde indicam o município de Ribeira do Pombal com o menor índice de vacinação entre crianças com menos de um ano – apenas 0,5%. As cidades de Ilhéus, com 29,69%, e Jucuruçu, 33,67% – localizadas nas regiões Sul e Extremo Sul, respectivamente – também compõem a lista, enquanto a recomendação é de 95%.

A Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab) esclareceu que as pessoas possuem uma falsa sensação de proteção por não conviverem mais com a doença. O órgão disse ainda que deve montar estratégias nesses locais, deixando a passividade diante dos dados e estimulando a população.

A Campanha Nacional de Vacinação, neste ano, ocorrerá entre os dias 06 e 31 de agosto. As crianças menores de 05 anos devem ser levadas a qualquer posto de saúde, que devem disponibilizar a vacina durante todo o ano.

ITAPÉ: INAUGURADA BARRAGEM DO RIO COLÔNIA

O abastecimento de água está garantido para cerca de 300 mil baianos da região sul, com a inauguração, nesta quarta-feira (4), da barragem do Rio Colônia, no município de Itapé. A obra executada pela Governo do Estado, resultado de um investimento de R$ 111 milhões, regulariza a segurança hídrica em cidades como Itabuna, Itapé, Uruçuca e toda a região, proporcionando mais qualidade na água que será ofertada à população.

Presente no evento de entrega e acompanhado do secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), Cássio Peixoto, o governador Rui Costa explicou os benefícios da barragem. “A população contará com a regularidade do fluxo do rio. Ou seja, com a barragem, está superada aquela fase crítica de abastecimento na região. Do total do investimento na obra, R$ 80 milhões foram do Governo do Estado”, revelou o governador.

Outras ações

O Governo do Estado também autorizou, nesta quarta-feira, o início das obras de ampliação do Sistema de Produção e melhorias na Estação de Tratamento de Água do Sistema de Abastecimento de Itapé, e de restauração da pavimentação na Rodovia BA 120 (trecho Entroncamento BR-415/ Itapé e Rua das Flores). O investimento previsto para a rodovia é superior a R$ 2,1 milhões.

Na oportunidade, o Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, vinculado à Secretaria do Meio Ambiente (Sema), foi autorizado a celebrar convênio, no valor de R$ 236 mil, com o Consórcio Público Intermunicipal da Mata Atlântica, no âmbito do Programa Estadual de Gestão Ambiental Compartilhada. Os municípios consorciados são Arataca, Camacan, Canavieiras, Itaju do Colônia, Jussari, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia e São José da Vitória e Una.

O Governo também autorizou a Sihs, por meio da Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), a celebrar assinatura do protocolo de adesão e compromisso com os municípios de Aiquara, Barra do Rocha, Ibirataia, Ipiaú, Itagibá, Itamari, Jitaúna, Buerarema, Ilhéus e São José da Vitória, com o objetivo de atender ao projeto de capacitação simultâneo ao plano municipal de água e esgotamento sanitário nestas cidades. O valor do investimento é de R$ 2,2 milhões.

Ainda na ocasião, foi anunciado o início das obras de implantação da sinalização de trânsito dos municípios de Almadina e Camacã. Juntas, as obras somam R$ 340 mil.

Ilhéus: Nazal ouve que apenas 40 por cento da ponte está executada

O prefeito de Ilhéus em exercício, José Nazal Soub, realizou, na tarde desta terça-feira, dia 3, visita à obra de construção da nova ponte que ligará o centro à zona sul da cidade. Ele foi recebido pela equipe técnica responsável pelo acompanhamento da obra, que já tem 40 por cento dos trabalhos executados. De responsabilidade do governo do Estado, a celeridade na construção da primeira ponte semi-estaiada da Bahia é uma das preocupações do governador Rui Costa.  

José Nazal afirmou que o objetivo da visita foi saber sobre o andamento da obra, já que diariamente é cobrado por informações em relação à execução dos trabalhos. Na oportunidade, o engenheiro Suzano Menezes, gerente de contratos da OAS – construtora responsável pela obra, informou que a conclusão total dos serviços só deve ocorrer no ano que vem. Ele acrescentou que a obra do viário norte (ligação entre a Avenida Soares Lopes e a nova ponte) teve que ser interrompida nos últimos dias em virtude das fortes chuvas.

Com relação às questões ambientais, os técnicos confirmaram que tanto as pedras como a areia utilizadas no avanço sobre a Baía do Pontal serão retiradas após o término da obra. O ambientalista Alex Coutinho, da empresa terceirizada de fiscalização, informou que nos próximos dias deverá ser iniciado o estudo da biota (conjunto de seres vivos de um ecossistema, o que inclui a flora, a fauna, os fungos e outros grupos de organismos). O trabalho será realizado mediante termo de cooperação técnica entre a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e a secretaria de Infraestrutura (Seinfra) do governo da Bahia.

Na recente visita feita à região, no último dia 20, o governador assegurou que a obra de construção da nova ponte de Ilhéus está com o pagamento em dia, e ponderou que “algumas empresas conseguem entregar algumas obras mais rápido do que outras. O Estado não escolhe a empresa que vai vencer e nem orienta sua equipe a tal, simplesmente respeita e faz a licitação de forma transparente. Mas durante o processo, ganham empresas que não estão em condições de manter um ritmo acelerado de obras”, declarou.

Projeto

A obra permite uma ligação suspensa por cabos de sustentação que partem diretamente de um mastro até o tabuleiro da ponte. Além da ponte, o projeto contempla a construção de dois quilômetros de acessos, divididos entre o norte e o sul, que vão requalificar e valorizar parte da orla de Ilhéus, e servirá para requalificar o padrão de mobilidade urbana de Ilhéus, garantindo mais acessibilidade e o fortalecimento do turismo na região. A ponte semi-estaiada de Ilhéus terá 533 metros de comprimento, com quatro faixas de rolamento, uma ciclovia e uma faixa exclusiva para pedestres.

ITABUNA: OBRA DO CONTORNO OESTE DE ITABUNA ABRE ROTA PARA DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO

“Não podemos se entregar e devemos lutar para trazer de volta a alegria ao povo de nossa cidade”. Ao dizer essas palavras, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, comemorou a chegada de investimentos que transformarão a realidade do município. Além de uma série de serviços de pavimentação em bairros da cidade, Itabuna receberá intervenções em seu contorno Oeste, com a conclusão do prolongamento da avenida que liga o Hospital de Base à BR-415 e a duplicação de um dos trechos da BR-415 na entrada da cidade.

 Em cerimônia realizada no último sábado, no Centro Administrativo Firmino Alves, com a presença do ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, foi assinada a autorização para o início do projeto do Contorno Oeste de Itabuna/BA. Nessa primeira fase do projeto serão investidos R$ 807 mil reais. De acordo com o ministro Valter Casimiro, a estimativa é que o Contorno tenha 12 quilômetros e sua execução fique em torno R$ 70 milhões. “Essa obra é fundamental para melhorar a trafegabilidade, reduzir congestionamentos e acidentes na área urbana da cidade”, destacou.

Após agradecer ao ministro e elogiar a equipe técnica que trabalha para que projetos como do Contorno Oeste sejam desenvolvidos, o prefeito Fernando Gomes ressaltou a importância dessa obra para o desenvolvimento de Itabuna. Segundo prefeito, a localidade que receberá a avenida se configura no principal vetor de expansão territorial do município, com espaço para um crescimento planejado e ordenado.

Lembrando que a região ainda carece de mais investimentos por parte do Governo Federal, o prefeito cobrou celeridade para a realização da obra de duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna e lamentou a existência de tantos entraves burocráticos que estão dificultando a realização obras dessa importância. “Quem sofre é o povo que mais precisa dessas intervenções”.

A Administração Municipal de Itabuna está trabalhando para adequar a infraestrutura da cidade de modo a melhorar a qualidade de vida da população. Nesse sentido, o Contorno Oeste irá impactar positivamente na melhoria do tráfego das carretas e desafogando o centro da cidade.

 

Fonte: G1/BN/PSB/Jornal Bahia Online/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!