19/07/2018

Balé Folclórico da Bahia receberá dupla homenagem em agosto

 

No mês em que comemora os 30 anos de sua fundação, o Balé Folclórico da Bahia será duplamente homenageado. A Assembleia Legislativa promove uma sessão especial, proposta pelo deputado Bira Coroa, presidente da Comissão Especial de Promoção da Igualdade, no próximo dia 9 de agosto, às 14h30, no Salão Nobre da casa, no Centro Administrativo da Bahia. O Balé Folclórico da Bahia também receberá da Assembleia o título de Utilidade Pública Estadual. No dia 28 de agosto, às 19 horas, a homenagem será na Câmara Municipal de Salvador por iniciativa do vereador, jurista e professor Edvaldo Brito. O diretor geral do Balé, Vavá Botelho, a presidente da Fundação Balé Folclórico da Bahia, Lúcia Mascarenhas, e a conselheira Lia Robatto, estarão presentes nas duas sessões para representar o grupo de dança que tem promovido o nome da Bahia em todo o mundo. As solenidades também devem contar com autoridades representantes do Governo do Estado, da Secretaria de Cultura e da Prefeitura.

“As duas homenagens são um reconhecimento ao trabalho que fazemos ao longo de três décadas. Seguramente, somos um dos principais embaixadores da cultura popular brasileira e afro-baiana para o mundo”, destaca Vavá Botelho, que planeja para o fim do ano uma ampla programação comemorativa pelos 30 anos do Balé, com oficinas de dança-afro e percussão, estreia de um espetáculo inédito com novas coreografias, exposição da trajetória do Balé e um documentário dirigido e produzido pela atriz Gloria Pires.

Reconhecida pela Associação Mundial de Críticos como a melhor companhia de dança folclórica do mundo, o Balé Folclórico da Bahia já formou mais de 700 bailarinos. A maioria deles de origem muito simples, que aprenderam os primeiros passos de dança no Balé e hoje brilham em grandes companhias internacionais do mundo. “Além do trabalho artístico, temos uma função social”, afirma Vavá Botelho.

O premiado Balé, que completa 30 anos no dia 7 de agosto, já se apresentou em mais de duzentas cidades e 24 países, incluindo Estados Unidos, Itália, Inglaterra, Bélgica, Canadá, Dinamarca, Nova Zelândia, Austrália, Alemanha, França, Holanda, Suíça, México, Chile, Colômbia, Finlândia, Suécia e África do Sul, dentre outros.

Com sede no Pelourinho, em Salvador, atualmente, o BFB funciona em regime integral de seis horas de trabalho por dia. Os 40 integrantes da companhia – dançarinos, músicos e cantores – recebem preparação técnica para dança, música, capoeira, canto e teatro. Para preservar e divulgar as principais manifestações folclóricas da Bahia, o Balé desenvolveu uma linguagem cênica que parte dos aspectos populares e atinge questões contemporâneas. O Balé também possui um segundo corpo de baile, que realiza espetáculos, diariamente, no Teatro Miguel Santana, no Pelourinho, tendo como público, principalmente, turistas estrangeiros e de outros estados do Brasil. "Manter uma equipe que se dedica à dança em regime integral, com intenso preparo técnico, físico e muita pesquisa, é uma luta diária. Poucas companhias de dança privadas sem patrocinador regular conseguem existir por tanto tempo, mantendo um nível de excelência técnica tão elevado e respeito do público e da crítica”, afirma Vavá.

BTCA estreia projeto ‘Tamanho Único’ no Teatro do Goethe-Institut

O Balé Teatro Castro Alves (BTCA) estreia no Teatro do Goethe-Institut, em Salvador, o projeto “Tamanho Único”, fundamentado na possibilidade de se construir, a partir da relação com a plateia, um espetáculo único a cada apresentação.

Após ensaio aberto no dia 26 de julho, às 19h, o BTCA fará três apresentações de 27 a 29 de julho. O projeto consiste em um conjunto de solos com temas livres interpretados por integrantes da companhia, criados por eles próprios e por dois convidados externos: o coreógrafo Augusto Soledade (Brasil/Estados Unidos), residente do Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut, e o pesquisador em dança Leo Serrano (Argentina). Os ingressos custam R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia).

  • SERVIÇO

O QUÊ: Balé Teatro Castro Alves – Tamanho Único

QUANDO: 27 a 29 de julho. Sexta e sábado às 20h e domingo, às 19h

ONDE: Teatro do Goethe-Institut – Corredor da Vitória – Salvador (BA)

VALOR: R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)

Flow Festival celebra seu primeiro ano neste sábado no Trapiche Barnabé

Comemorando seu primeiro ano, o Flow Festival reunirá street arte, design e música de diversas vertentes, em sua sétima edição, realizada neste sábado (21), a partir das 16h, no Trapiche Barnabé, em Salvador. O som vai ficar por conta de Pedro Pondé, com suas influências da MPB, do rock e do reggae; Pali, trompetista argentina que toca o melhor da música jamaicana; e o grupo Àttooxá, que vai apresentar um repertório que mistura diferentes gêneros musicais, a partir de bases eletrônicas. O DJ Pureza completa o line up.

A edição comemorativa terá ainda o retorno do “inferninho”, que passa a se chamar Hell e será dedicado às novas bandas do cenário musical local. Nesta edição a banda convidada será a Flerte Flamingo. A classificação indicativa do evento é de 18 anos.

  • SERVIÇO

O QUÊ: Flow Festival

QUANDO: Sábado, 21 de julho, às 16h

ONDE: Trapiche Barnabé – Comércio – Salvador (BA)

VALOR: R$ 40

Ifá, Pedro Pondé, Dimaré, Telefunksoul animam Dendê Fest neste sábado em Salvador

O Dendê Fest chega à sua primeira edição no dia 25 de agosto, a partir das 16h, no Salvador Music Place, situado no bairro de Pituaçu, em Salvador.

O festival, que traz como conceito a mistura de ritmos, gêneros e sons, terá em sua programação apresentações do grupo Ifá, o cantor Pedro Pondé, a banda Dimaré e dos DJs Telefunksoul, Diddy, Djalma e Kombisoul. Os ingressos custam R$ 35.

  • SERVIÇO

O QUÊ: Dendê Fest

QUANDO: Sábado, 25 de agosto, às 16h

ONDE: Salvador Music Place – Pituaçu – Salvador (BA)

VALOR: R$ 35 (+ R$ 3,50 taxa)

Grupo Botequim recebe Wil Carvalho para roda de samba em tributo às mulheres negras

O Grupo Botequim retorna ao pátio da Igreja do Santo Antonio Além do Carmo, em Salvador, nesta sexta-feira (20), com uma roda de samba dedicada ao “Julho das Pretas”.

O evento, que tem início às 21h, contará com a participação da cantora baiana Wil Carvalho e será uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana, celebrado em 25 de julho. “Vamos dedicar um momento para, através da música, dar nosso apoio e reconhecimento e ao histórico de luta e resistência das mulheres negras.

Cantaremos Clementina de Jesus, Jovelina Pérola Negra, Dona Ivone Lara, Leci Brandão, além de receber a querida Wil Carvalho para uma roda de samba que, sem dúvida, será emocionante e em clima de celebração”, conta o cavaquinista e um dos fundadores do grupo, Roberto Ribeiro. Os ingressos custam R$ 15.

  • SERVIÇO

O QUÊ: Roda de Samba do Grupo Botequim - participação de Wil Carvalho

QUANDO: Sexta-feira, 20 de julho, às 21h

ONDE: Pátio da Igreja do Santo Antônio Além do Carmo – Salvador (BA)

VALOR: R$ 15

Peça ‘Grande Sertão: Veredas’ ganha sessão extra no domingo (22)

A peça “Grande Sertão: Veredas”, que estava programada para ter sessão única, vai ser apresentada também no domingo (22), às 19 horas. A abertura de mais um dia do espetáculo surgiu após grande procura do público. “Grande Sertão: Veredas” tem no elenco atores como Caio Blat, que interpreta o jagunço Riobaldo. No palco, terá uma estrutura em formato de gaiola, onde os espectadores poderão assistir ao espetáculo com o uso de fones de ouvido, que tornará possível escutar efeitos sonoros e ambientes, além das vozes dos atores em cena.

Para quem quiser participar da performance na “Gaiola”, no palco, os ingressos vão custar R$ 200 inteira e R$ 100 meia. Nas demais fileiras, os ingressos variam de R$ 80 a R$ 140 a inteira. Já a meia-entrada varia de R$ 40 a R$ 70. A classificação indicativa é de 18 anos. A peça tem duração de 140 minutos.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa/Municipios Baianos

Comentários:

Comentar | Comentários (0)

Nenhum comentário para esta notícia, seja o primeiro a postar!!